A secretária de Saúde Teresa Cristina Rabelo Correa, está preocupada com a grande quantidade de pessoas que estão nas ruas em Três Pontas, justamente em uma semana de pico da transmissão do Covid-19 e pede novamente que as pessoas não devam ir para a rua. Ela lamentou que as pessoas em Três Pontas estejam vivendo como se não estivéssemos em pandemia, o que é um risco enorme. A tentativa é que as pessoas, principalmente os idosos, enfermos e crianças fiquem em casa, porque o momento crítico ainda não passou.

A iniciativa das pessoas sabendo que as autoridades de saúde estão dizendo que elas deveriam estar isoladas, é uma decisão individual e de responsabilidade de cada um. “Quando eu e o prefeito [Marcelo Chaves], falamos que vocês não podem ir para a rua é uma decisão pública e não temos condições de bloquear o ser humano. O que vale é a consciência de cada um”, alertou a secretária.

O poder público tem que controlar a situação até 13 de abril, porém, diante da invasão de tantas pessoas nas ruas, o controle foi perdido e daqui para frente, Teresa Cristina, afirma que não sabe quantas pessoas possam estar contaminadas, a situação agora ficou preocupante, justamente por tanta gente estar ignorando a pandemia e descumprindo o seu papel de cidadão. Segundo ela, a estatística é que em Três Pontas, 2 mil pessoas podem ser contaminadas e não há respirador para todos.

Dos 14 casos suspeitos total do Coronavírus, até o início da tarde desta quinta-feira, haviam 8 pacientes internados, com estado de saúde estável. Eles estão no Hospital São Francisco de Assis, por apresentarem problemas pulmonares.

Ela termina informando que as pessoas que tiverem febre alta e dificuldades para respirar, devem procurar o Pronto Atendimento Municipal (PAM). Se não tiver problema respiratório, devem procurar o antigo Centro Pediátrico, no bairro Jardim Paraíso.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here