O secretário de Fazenda Agnaldo Corrêa, o procurador geral Yves Duarte, a chefe de gabinete Melissa Chaves e a secretária de Saúde Teresa Cristina

 

Comerciantes de vários setores e proprietários de academias, se reuniram durante a manhã desta sexta-feira (03), no Auditório da Secretaria Municipal de Educação, com membros da Administração Municipal, buscando informações sobre uma possível flexibilização por parte do Município, autorizando o funcionamento do comércio em geral desde que atendidas medidas de prevenção ao contágio ao Coronavírus.

Os comerciantes expuseram a situação que estão vivendo desde o fechamento das lojas, sem receita para arcar compromissos como o pagamento de impostos e funcionários e a falta de fiscalização para quem mesmo impedidos, estão abrindo as portas, principalmente nos bairros.

Os secretários municipais esclareceram que o Decreto Estadual, feito pelo governador Romeu Zema (Novo), está sendo seguido na íntegra pelo prefeito Marcelo Chaves, uma vez que o Governo de Minas assumiu a competência em relação ao funcionamento do comércio e determinou que podem ficar abertos, apenas os estabelecimentos essenciais, assim mesmo tomando todas as medidas preventivas ao coronavírus. Há previsão é que Romeu Zema tome algumas medidas na tarde desta sexta-feira e que serão acompanhadas pelo município de Três Pontas, porém, infectologistas tem afirmado que o risco de contágio neste período é muito grande.

O secretário de Fazenda Agnaldo Corrêa, o procurador geral Yves Duarte, a chefe de gabinete Melissa Chaves e a secretária de Saúde Teresa Cristina

Todos eles disseram entender as dificuldades que os comerciantes estão enfrentando, sendo a Prefeitura a primeira interessada que o comércio seja reaberto, porque já sofre os reflexos do fechamento das lojas, inclusive com a queda no repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Uma nova reunião deve ser realizada na próxima segunda-feira.

Em um novo Decreto assinado nesta quinta-feira (02), a suspensão das aulas e o funcionamento das creches, que antes estava para até o dia 05 de abril, agora é por tempo indeterminado nos termos da normatização estadual.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here