*Só no primeiro dia foram movimentados R$10 milhões em negócios, na feira em Três Pontas e nas filiais da Cocatrel

O Espaço Cocatrel recebe até quinta-feira (13), a 5ª edição da Feira de Negócios Cocatrel Minasul (Fecom). A abertura foi nesta terça-feira (11) de manhã, quando os portões foram abertos oferecendo aos cooperados da Cocatrel, novidades do mercado e tecnologias em insumos para beneficiar os produtores de café e grãos.

Durantes estes três dias, todas as filiais oferecem as negociações, com os mesmos benefícios, também acontece nas filiais da Cocatrel de Nepomuceno, Carmo da Cachoeira, Coqueiral, Córrego do Ouro, Ilicínea, Santo Antônio do Amparo e Santana da Vargem.

As condições não estão tão boas como a cooperativa gostaria, como na Expocafé, mas para o atual cenário de dólar alto e café com preço reduzido, o presidente da Cocatrel Marco Valério Araújo Brito, acredita que os preços estão atraentes e vantagens lucrativas.

O café é uma cultura dolarizada que com a instabilidade política e incerteza do cenário das Eleições que vão acontecer em outubro, o mercado fica tenso, o preço do dólar sobe e influencia no preço do café que cai. “A alta do preço do dólar parece ser um bom negócio para o produtor de café, mas na verdade não é”, destacou Marco Valério.

A Cocatrel tem uma expectativa ousada em volume de negócios, estimada em R$30 milhões. No meio da tarde neste primeiro dia, a feira e a venda nas filiais já havia atingido em R$10 milhões. Marco Valério observa que geralmente o primeiro não é tão bom em compras, quando os produtores visitam para escutar as ofertas, fazer cotações e conversar muito com os colegas de lavoura. As vendas crescem no segundo e terceiro dia e são também mais movimentados. “Os cooperados já viram que a feira oferece o melhor preço praticado durante a Feira e estão aproveitando”, afirmou o presidente da Cocatrel.

A compra em barter, é o principalmente modelo de pagamento utilizado na feira. Este ano poderá ser feita através da troca por café e, também, pela soja. As operações barter (do inglês barter significa “troca”), em agronegócio é o pagamento pelo insumo através da entrega do grão na pós-colheita. O serviço é oferecido por grandes companhias no Brasil, como a Agrobras, Basf, Giroagro, Multifertilizantes, Yara, Bayer, Basf, Sygenta e FMC, presentes nestes três dias, na feira e na filiais da Cocatrel. “Eu gostaria de convidar os cooperados para visitar a feira no Espaço Cocatrel ou em uma das nossas filiais mais próxima de casa ou de sua propriedade”, convidou os cooperados Marco Valério.

A primeira edição da feira foi realizada em 2016, com o objetivo de unir forças entre as duas grandes cooperativas e beneficiar, cada vez mais, os cooperados atendidos por elas. A feira está aberta de 8:00 as 17:00 horas, até a próxima quinta-feira (13), junto a loja da Cocatrel.

COMPARTILHAR

Comentários