Flamengo visita o Furacão na noite de hoje (10). (FOTO:André Durão/GloboEsporte.com)

Por Loui Jordan

Nesta quarta-feira (10), começam as quartas de final da Copa do Brasil 2019. Os duelos de ida serão disputados nesse meio de semana e os torneios domésticos que ficaram de molho por causa da Copa América, estão de volta. Primeiro a Copa do Brasil, o mata-mata promete, duelos tensos e vantagens mínimas são ingredientes esperados para esses confrontos. Importante lembrar que o vencedor do torneio se garante na próxima Copa Libertadores da América e claro fatura um “bolo” de dinheiro. Para ganhar essa competição é preciso mais do que futebol e tradição. É necessário espírito e que vença o melhor.

JOGOS DE IDA

HOJE – 10/07

Grêmio X Bahia / ARENA DO GRÊMIO – 19h30

Athletico/PR X Flamengo / ARENA DA BAIXADA – 21h30

Palmeiras x Internacional / ALLIANZ PARQUE – 21h30

AMANHÃ – 11/07

Cruzeiro x Atlético/MG / MINEIRÃO – 20h

Duelos equilibrados e camisas que pesam

Todos os confrontos são difíceis, isso não significa que exista ausência de favoritos. Em Porto Alegre, o Grêmio é sim favorito contra o Bahia. É um favoritismo modesto, mas é. O Bahia eliminou o São Paulo e ganha corpo a cada estágio percorrido, tem tudo para não fazer feio e se eliminar o copeiro Grêmio, não será surpresa. Entre o furacão e o Flamengo de Jorge Jesus, o Flamengo além de ter mais camisa nessa competição, tem elenco mais farto. O Athletico em casa é muito forte, no entanto o rubro-negro carioca conta com a volta de jogadores que disputaram a Copa América e espera fazer uma boa estreia com seu técnico europeu. Esse duelo é bem parecido com o de Porto Alegre, até com um ligeiro favoritismo para o gigante do Rio de Janeiro.

Em São Paulo, um duelo e tanto. O time a ser batido em jogos oficiais, Palmeiras, contra um time super competitivo, embora irregular fora de casa, Internacional. O Verdão é favorito no confronto, o time de Felipão está mais preparado e vale ressaltar que uma carta na manga do Colorado é o fato do segundo jogo ser no Beira-Rio. O Inter pode se prevenir em São Paulo para tentar a vida ou morte no jogo da volta, o Inter conta com a grande volta de Paolo Guerrero. No duelo mais equilibrado e ao mesmo tempo menos parelho em história na competição, o problemático Cruzeiro recebe o Galo no Mineirão. A Raposa possui problemas internos e tem tido dificuldades em conseguir boas sequências de resultados. O Cruzeiro no Gigante da Pampulha é muito forte, basta saber qual a estratégia a ser utilizada, não se pode também desprezar o Atlético, a equipe está mais “vibrante” e com maiores perspectivas. O Galo parece quieto para o jogo, já o Cruzeiro transparece a necessidade de resposta com uma vitória, resposta a várias ocorrências nos últimos meses, dentro e fora de campo.

As camisas de Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo e Grêmio, são mais pesadas sem dúvida, entretanto, se vão realmente pesar mais ou não, só o futebol dentro de campo vai dizer. Não tem nenhum jogo fácil, talvez o menos difícil seja o do Grêmio, mas é aí que mora o perigo, a Copa do Brasil é uma competição onde não se deve confiar em resultados, mas sim em desempenho e estratégia.

COMPARTILHAR