Por Loui Jordan

No primeiro jogo das semifinais do Campeonato Mineiro de 2019, o Cruzeiro foi o único a sair com uma vitória. No sábado (30), o Boa Esporte recebeu o Atlético e o placar não se movimentou, 0 a 0. Já no domingo (31), o Cruzeiro foi até o Independência e bateu o Coelho por 3 a 2, agora no duelo de volta, no próximo final de semana, Cruzeiro e Atlético possuem vantagens, no entanto uma surpresa nunca deve ser descartada.

Boa Esporte x Atlético Mineiro

O Boa Esporte recebeu o Galo em Varginha, o jogo dava ao Atlético um leve favoritismo. O duelo deixou o dono da melhor campanha na primeira fase, frente a frente com o campeão do Interior. No jogo há de se destacar 4 pontos interessantes: o primeiro foi o volume de jogo dos visitantes.

O Atlético buscou o gol até o final e por uma série de fatores não conseguiu. Evidentemente, o Atlético continua com a vantagem, afinal de contas, um empate fora de casa nunca é ruim. Outro ponto foi a pontaria. Em alguns momentos o Atlético e o Boa não souberam apenas definir, mas também a calibrar suas finalizações. Terceiro e não menos importante, a bela atuação do goleiro Renan Rocha, o arqueiro fez belas defesas sempre que exigido e por fim, o VAR, a tecnologia que tem como função auxiliar o árbitro, foi atuante e para alguns, polêmica.

O árbitro de vídeo anulou dois gols do time dirigido por Levir Culpi, fora a expulsão do volante atleticano Zé Welison. Discussões à parte, o VAR foi benéfico ao futebol. Caso o duelo de volta em Belo Horizonte tenha as mesmas diretrizes do jogo em Varginha, o Boa terá muitas dificuldades para se classificar para uma eventual decisão de Campeonato Mineiro.

América Mineiro x Cruzeiro

Jogando em seus domínios, o América até tentou controlar o jogo e buscou surpreender o Cruzeiro, mas não funcionou. A equipe de Mano Menezes foi cirúrgica, abriu 2 a 0 com Fred, aliás o centroavante fez 3 e se isolou na artilharia do campeonato com 10 gols.

A raposa que fez a segunda melhor campanha do Mineiro, sabia que caso saísse vitoriosa de campo, o América teria uma tarefa indigesta no Mineirão no duelo de volta, e foi isso que o Cruzeiro fez desde o primeiro gol. O Cruzeiro tinha uma vantagem de 3 a 1 até o final do jogo e no apagar das luzes o América diminuiu com Belusso. O resultado de 3 a 2 para os visitantes, foi justo, o América finalizou mais, no entanto o Cruzeiro é esse time estratégico e que tem um poder peculiar de se postar em campo conforme a ocasião.

A verdade é que com a vantagem, o time invicto no ano, o Cruzeiro, está com um pé na decisão, mesmo sabendo que o América tem camisa para pesar o confronto no próximo final de semana.

Último jogo das Semifinais

O segundo e último duelo das semifinais será no próximo final de semana. Embora o calendário dos clubes brasileiros seja complexo, a programação é a seguinte: Sábado (06) às 18 horas, o Cruzeiro recebe o América no Mineirão, já no domingo (07) às 16 horas, o Atlético recebe o Boa no Independência, a confirmar.

COMPARTILHAR