A EQUIPE POSITIVA TRANSMITE O JOGO A PARTIR DAS 10 HORAS, NA 89,9 FM – Jogo do título é neste domingo as 11 horas. TAC espera que jogar dentro de casa favoreça o time de conquistar o título inédito no futsal

O Três Pontas Atlético Clube (TAC), tem neste domingo (22), a sua maior missão no futsal, quando enfrenta o Alfenense em casa no Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves de Mendonça a partir das 11 horas, na final da 18ª edição da Copa TV Alterosa. A venda de ingressos antecipados termina nesta sexta-feira (20). São seis pontos – Ninho do Urubu, Atacadão Baldansi, Popular Supermercado, Auto Escola Três Pontas, Farmácia Leal e Dodô Esportes. O valor é apenas R$ 3 e depois só na hora do jogo, a R$5. Por isto, a recomendação do clube é não deixar para a última hora, já que os ingressos são limitados, pois a capacidade do Poliesportivo é de 2,5 mil pessoas, muitos já foram vendidos e pode ser que se esgotem.

A diretoria preparou uma festa para a final, com uma cerimônia simples, organizada e sem atrasos. Desde as 9 horas da manhã, haverá duas preliminares com escolinhas de futebol das crianças atendidas em projetos sociais da cidade. O Hino Nacional Brasileiro será executado quando as bandeiras serão hasteadas pelas autoridades e o início da partida às 11 da manhã. Haverá sorteio de diversos brindes que foram doados pelo comércio local. No canhoto do ingresso, há um número que o torcedor irá concorrer com ele.

O artista plástico Rovilson Andrade preparou uma ornamentação para o Ginásio Poliesportivo, com a figura do Leão e uma mistura das cores do time rubro negro com a Copa do Mundo que está sendo realizada no Brasil. Detalhes de como vai ficar o palco da grande final só na hora. Ninguém da diretoria fala nada disso. Nem mesmo o presidente Ney Antônio (foto) que deixouNey suas atividades de comerciante há vários dias para se dedicar exclusivamente ao TAC. “A diretoria está trabalhando com afinco, preparando uma festa bonita para que o público de Três Pontas e de Alfenas seja bem recebido”, diz o presidente.

O time está pronto e há apenas uma dúvida. O goleiro Rudinho sentiu uma contusão e está sendo tratado, mas ele deve integrar o grupo, comandado pelo jovem professor de educação física André Luis da Silva, que na sua primeira experiência como treinador já chegou longe. O time treinou nesta quarta-feira e faz o apronto final nesta sexta.  Nenhuma das equipes tem vantagem e ninguém joga por empate. Se o placar terminar igual no tempo normal, haverá prorrogação e pênalti.

Sobre o adversário, Ney não escondeu que o Alfenense, é um time qualificado, que treina junto a bastante tempo, é treinado por Luciano Arara que foi atacante do TAC na época áurea do clube. A notícia que se tem, é que ele está sem seu principal jogador. Formigão, que jogou no Paraíso está fora, mas o grupo conta com jogadores experientes.

Trajetória do TAC Futsal

O TAC chegou a final após vencer a forte equipe de Cabo Verde. A equipe se consolidou a cada partida e o grupo mostrou ser forte que chega com moral para a disputa do título. Na primeira fase, o TAC Futsal fez a melhor campanha entre as 48 equipes. Na fase de grupos, os trespontanos enfrentaram as equipes de Nepomuceno, Ibituruna, Santo Antônio do Amparo e Ilicínea, classificando com 12 pontos e 100% de aproveitamento. Carmo do Rio Claro e Lavras foram os adversários da segunda fase da competição e ambas as equipes foram batidas pelo TAC pelos placares de 3 a 1 e 2 a 1, respectivamente.

Assim, a equipe chegava às quartas de final para enfrentar a equipe de Areado em dois confrontos. O primeiro jogo foi realizado na cidade de Areado e mesmo com a torcida contra e a pressão do adversário, o TAC venceu os anfitriões por 6 a 2 e jogaria em Três Pontas por um empate. O segundo jogo mais tranqüilo, já que o resultado favorecia a equipe do Tacão, que contava com o apoio do torcedor. À equipe areadense não restava outra alternativa a não ser atacar e quando se expôs ao contra ataque, o TAC se mostrou eficiente e a vitória veio novamente, por 7 a 3, confirmando seu favoritismo.

Na fase semifinal, o adversário foi a surpreendente Cabo Verde, que já havia eliminado a tradicional equipe de Itamonte fora de casa e, em um primeiro jogo duríssimo, onde Cabo Verde venceu por 2 a 1, diante de pressão dos torcedores, quadra acanhada e jogo disputadíssimo, o TAC Futsal chega para a segunda partida precisando de um resultado positivo no tempo regulamentar e depois jogaria pelo empate na prorrogação.

A torcida compareceu e com cornetas, batuques e muita disposição, empurrou o time prá cima do adversário. A vitória foi mais uma vez trespontana, por 4 a 1.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here