Quem passou pela Praça Cônego Victor, na manhã deste último sábado de 2019, foi parado pela Guarda Civil Municipal (GCM), em frente a Matriz Nossa Senhora D’Ajuda. Mas não se tratava de nenhuma blitz, e sim de uma parada de trânsito, projeto desenvolvido pelo segundo ano consecutivo do Encontro de Adolescentes com Cristo (EAC), da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda. Atitudes simples, mas que fazem toda diferença para quem recebe, um abraço espontâneo e “grátis” ou uma mensagem que confirma o que todos sabem e deveriam reconhecer que “Jesus Te Ama”. Quando o veículo era parado, enfileirados eles levantavam placas com a mensagem.

De acordo com Maria Eduarda Liló de Brito “Duda” de 16 anos, tem o intuito de desejar um Feliz Ano Novo, evangelizar através de mensagens de amor e também de divulgar o grupo de orações formado exclusivamente por adolescentes. “Duda” conta que ano passado, um rapaz abordado na durante a parada do EAC, postou uma foto com os adolescentes em uma rede social e revelou que eles haviam mudado o dia deles, que parecia não estar muito bem. “A gente ficou muito feliz”, conta ela.

Maria Eduarda Marques de 16 anos, revela que não fazem isto por status. Fazemos esse bem sem pedir nada em troca, pois nossa missão é espalhar a mensagem do amor de Jesus para todos os nossos irmão”, disse a adolescente. Algumas pessoas que passaram nos veículos ignoraram a mensagem. Outras davam dinheiro achando que estavam arrecadando alguma coisa e outras negaram os abraços grátis, mas não perceberam que era algo bastante diferente.

Outros projetos

Além do grupo de oração, eles divulgam que o EAC desenvolve o “EPC” Encontro nas Pracinhas com Cristo, aberto às pessoas de qualquer idade. Além de evangelizar, os adolescentes tentam mudar a realidade de quem anda deprimido e que sentem falta de um sorriso ou de uma palavra de evangelização.

Ana Elize Vitória também de 16 anos, acrescenta que os adolescentes fazem campanhas e arrecadação de alimentos para ajudar entidades assistenciais da cidade e famílias carentes. Recentemente, em uma gincana eles arrecadaram brinquedos para serem distribuídos. “Estamos sempre prontos a ajudar. Basta nos procurarem que estamos disponíveis”, anunciou Ana Elize.

Eles se reúnem quinzenalmente as terças-feiras, as 19:00 horas, no Salão Paroquial da Paróquia d”Ajuda. Para participar é preciso ter entre 13 e 18 anos e ter feito a primeira comunhão. Para integrar o grupo é preciso ficarem atentos ao 15º Encontro do EAC, quando eles devem ir com seus pais ou responsáveis.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here