Foto: Arquivo EP

 

A pandemia em pleno ano eleitoral, impôs desafios importantes à Justiça Eleitoral e trabalho redobrado a toda a equipe do Cartório, para cumprir o calendário eleitoral. A grande dificuldade neste período que antecedeu o pleito, foi conseguir mesários e voluntários para atuarem no dia 15 de novembro. Mesários pediram dispensa por integrarem o grupo de risco à Covid-19, orientação inclusive da própria justiça.

Na sede do Cartório Eleitoral, servidores e profissionais contratados exclusivamente para as Eleições, montaram kits de higiene que serão usados nas seções. A ação faz parte do Plano de Segurança Sanitária elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com a chefe do Cartório Eleitoral da 273ª Zona Eleitoral, Maria Rosa Guimarães Miari, todas as seções de Três Pontas e Santana da Vargem, terão álcool em gel para limpeza das mãos dos eleitores, antes e depois da votação. O kit ainda conta com alcóol em líquido, papel toalha, máscaras, face shield (protetor facial) para proteção individual, tanto para mesários como para a equipe de apoio logístico.

Para manter o distanciamento mínimo de um metro, em todas as seções haverá demarcação no chão, com um adesivo de cor preta. O eleitor será orientado a manter esta distância e evitar qualquer contato físico. Será obrigatório, o uso de máscara para entrar nos colégios eleitorais e os eleitores devem permanecer o tempo todo com a proteção.

Uma dica importante de proteção individual, é que cada eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação e levar anotados os nomes e números dos candidatos (a “cola eleitoral”) para votar o mais rápido possível. A Justiça Eleitoral orienta que o eleitor não leve crianças nem acompanhantes para o local de votação.

Passo a passo

Ao entrar em sua respectiva seção eleitoral, o eleitor deverá ficar em frente à mesa respeitando a distância de pelo menos um metro. O eleitor deverá exibir o seu documento ao mesário a distância, esticando os braços em direção a ele.

Caso o mesário não consiga fazer a identificação, ele poderá pedir que o eleitor dê dois passos para trás e abaixe rapidamente a máscara. Após digitar os dados, o mesário vai ler em voz alta o nome do eleitor. Se o nome estiver correto, o eleitor poderá guardar seu documento e limpar as mãos com álcool em gel para assinar o caderno de votação. Se precisar do comprovante de votação, o eleitor deverá solicitar ao mesário.

Quando a urna for liberada, o eleitor seguirá para a cabine de votação para digitar o número dos candidatos a prefeito e a vereador. Após votar, deverá limpar novamente as mãos com álcool em gel e sair da seção.

Horário para idosos

Por conta da pandemia, o horário de votação foi ampliado em uma hora – de 7h às 17h. Entre 7:00 e as 10:00 da manhã, é preferencial para eleitores do grupo de risco para o novo Coronavírus, como os idosos acima de 60 anos. Ninguém será proibido de votar nesse horário, mas terão que aguardar em fila separada até que todos os eleitores com mais de 60 anos tenham votado. Lembrando que os eleitores acima de 80 anos tem prioridade sobre os demais.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here