Estudantes das escolas municipais, estaduais e da rede particular de ensino, tiveram uma manhã diferente nesta segunda-feira (10). É que eles deixaram a sala de aula e foram para o Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves de Mendonça, no Centro de Três Pontas, onde foram abertos os Jogos Escolares de 2018. Cerca de 900 alunos de 15 estabelecimentos educacionais, disputam a competição nas modalidades de queimada, futebol, atletismo e salto em distância, nas categorias masculino e feminino.

A cerimônia de abertura foi especial para os estudantes, como um grande evento que ele realmente é. Contou com a presença de autoridades como os secretários de Esportes João Batista Rabelo, de Educação Roseanne Duarte Funchal Oliveira, de Transportes e Obras Maquil dos Santos Silva Pereira e o prefeito Marcelo Chaves Garcia (MDB).

Eles acompanharam o desfile das delegações, o juramento do atleta e todos se emocionaram quando a pira olímpica foi acessa pelo estudante Kauan Nicolas Bernardes do 5º ano do ensino fundamental da Escola Professora Nilda Rabello Reis, o Caic.

A secretária de Educação Roseanne Funchal foi a única a pronunciar. Ela agradeceu a parceria com as demais secretarias que apoiam o evento, também aos pais, alunos, o coordenador Celso Vitor Fernandes Júnior, o “Marron” e os professores, principalmente os de educação física. Ela enfatizou que os jogos devem criar um clima de paz e respeito aos colegas.

Fernandes Júnior, destaca que nas quadras onde praticam as modalidades, os alunos tem aprendido a se relacionar melhor com os colegas e professores, melhora a capacidade de leitura, de resolução de cálculos, organização de tempo, memória e a tomada de decisões. Saindo do técnico e levando o esporte para o lado emocional, Marron acredita que os estudantes desenvolvem com os jogos habilidade para melhorar a interação com colegas, o respeito ao próximo, o limite do outro, além de trabalhar agressividade, impulsos e sentimento de frustração nos casos de derrotas. “Vivemos em um tempo totalmente individualista e egoísta e poder trabalhar a aceitação e a valorização do outro é algo muito importante e necessário”, reforça o coordenador que é diretor geral do Caic.

Os estudantes da Escola Municipal João de Abreu Salgado fizeram uma apresentação de dança e foi declarado oficialmente aberto a 11ª edição dos Jogos Escolares.

Os jogos acontecem até o dia 21 de setembro, de segunda a sexta-feira em quatro ginásios – Poliesportivo Aureliano Chaves, Delvo Corrêa, Parque Multi Uso da Mina do Padre Vitor e na quadra do Caic.

Para o professor de educação física da Escola Coração de Jesus, André Luis da Silva, o esporte é saúde, qualidade de vida e educação e com a realidade que vive o país, a disputa melhora o ânimo das crianças. Já Carlos Roberto Silvério que é professor nas escolas João de Abreu e Caic, defende o incentivo ao esporte nas escolas e os jogos que unem todas os alunos das redes e isto provoca a socialização.

COMPARTILHAR

Comentários