Após uma manhã inteira de reuniões com educadores físicos e comerciantes, nesta sexta-feira (03), no Auditório da Secretaria de Educação em que eles pedem a reabertura dos estabelecimentos comerciais, a Prefeitura estuda baixar um novo Decreto Municipal, flexibilizando a volta do funcionamento do comércio com restrições, fechado por conta da pandemia do Coronavírus.

Durante toda a tarde, a chefe de gabinete do prefeito Marcelo Chaves, Melissa Chaves, a Secretaria Municipal de Saúde se reuniram e ficaram sensibilizados com o pedido dos empresários e comerciantes, que estão de portas fechadas e sem receitas para arcar compromissos com o pagamento de impostos e funcionários.

De acordo com a secretária municipal de Saúde Teresa Cristina Rabelo Corrêa, cada tipo de estabelecimento terá uma série de restrições para voltarem a funcionar. A lista com as precauções e medidas a serem tomadas serão colocadas no novo Decreto, que deverá ser confeccionado na próxima segunda-feira (06).

Reunião durante toda a manhã na Secretaria de Educação com comerciantes e educadores físicos trouxeram resultados positivos anunciados nesta noite

Durante a reunião de manhã, os membros da Administração disseram entender as dificuldades que os comerciantes estão enfrentando e que a Prefeitura é interessada que o comércio seja reaberto, porque já sofre os reflexos do fechamento das lojas, inclusive com a queda no repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), porém, é preciso obedecer as medidas de prevenção ao contágio ao Coronavírus.

Em Varginha

A Prefeitura de Varginha divulgou um novo decreto liberando atividades comerciais específicas com restrições a partir da próxima segunda-feira (6). Entre as mudanças, o horário de funcionamento das lojas no Centro será das 10h às 17h, a fim de evitar aglomerações nos ônibus circulares. Além disso, o decreto também autoriza atividades religiosas de qualquer natureza. O município confirmou nesta sexta-feira (03), três casos de Covid-19, na cidade. Além disso, conforme a Secretaria Estadual de Saúde, Varginha é agora a cidade com o maior número de suspeitas da doença no Sul de Minas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here