Imagens feitas do helicóptero dos Bombeiros que sobrevoou o local

 

O desaparecimento dos primos que se afogaram no Rio Verde, na zona rural de Três Pontas completa 12 dias. Desde o domingo (15), quando o acidente aconteceu durante uma pescaria da família, o Corpo de Bombeiros faz buscas pelos garotos de 11 e 17 anos.

Parentes dos desaparecidos improvisaram uma tenda com comida e água para fazer vigília ao lado do rio. Populares tem feito campanha para a família, que está todos os dias acompanhando o trabalho.

As duas frentes de trabalho continuam – a limpeza e retirada de aguapés debaixo da antiga ponte no Pontalete – e as buscas partindo do distrito, até uma das ilhas formadas ao longo do rio, onde os meninos teriam afogado, a 12 quilômetros de distância. Equipes do Corpo de Bombeiros se revezam no trabalho ao longo do rio e conta com a ajuda de vários voluntários, que são coordenados pelos militares.

Nesta quarta-feira, no feriado de Natal, o helicóptero Arcanjo dos Bombeiros sobrevoou novamente o local, além de duas equipes que fizeram o trabalho no rio e nas margens a procura dos garotos.

O 12º dia de buscas já foi iniciado na manhã desta quinta-feira (26).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here