Marco Valério acumula as presidências da Cocatrel e da Coccamig. Foto: Ascom Cocatrel

 

A Cocatrel é uma das cooperativas que vai participar entre os dias 22 e 26 de junho, da Feira Digital Coccamig Café com TV, programa da TV Aterosa. O evento será 100% online e levará todos os aspectos e oportunidades das feiras de exposição, que todos já conhecem para dentro da internet. Mesmo em tempos de distanciamento social, a feira vai unir tecnologia e as novidades do agronegócio ao produtor. Esta é uma iniciativa inédita que vai reunir, na mesma plataforma, cooperativas e empresas, permitindo que o produtor rural tenha a possibilidade de acesso aos produtos e lançamentos do agronegócio, com foco em fertilizantes, foliares, insumos químicos para a colheita de 2021. Serão ministradas palestras exclusivas aos produtores de todo o Estado de Minas Gerais, em parceria com a Epamig. Além disso, haverá atendimentos presenciais em todas as lojas, com agrônomos, consultores e vendedores, tudo seguindo as normas do Ministério da Saúde.

Uma central de compras da Coccamig que agora funciona bem, ganhou mais poder diante dos fornecedores, já está rendendo frutos financeiros e os produtores irão saber disso durante o evento. Um produto comprado por R$89, a Central conseguiu a apenas R$12.

A principal matéria prima para a gestão de uma propriedade, que é o adubo, na reunião de compras que foi realizada, em uma negociação extremamente bem sucedida, a união de cooperativas conseguiu com as multinacionais, desconto de 22%. “Nem eu acreditei que conseguimos uma porcentagem como esta que vamos levar para a feira. Os diretores das cooperativas se surpreenderam. Os cooperados vão ter um preço diferenciado”, anunciou. Este é um primeiro modelo, que é pioneiro que já deu certo e antes mesmo de começar já colhe bons frutos. E se a Coccamig acertou, porque não repetir a dose em outros momentos. A feira da Cocatrel em agosto está sendo articulada para que ocorra de forma conjunta novamente. Marco deixa claro que a Cocatrel acredita muito na Expocafé, que por motivos óbvios foi cancelada este ano e não a tem como concorrente. Ele inclusive tem planos de ambiciosos para a feira que é realizada a tantos anos, gerida por um Conselho Gestor, formado pelo Governo do Estado, Epamig, Universidade Federal de Lavras (Ufla), Emater, Prefeitura e junto com a Cocatrel.

Tem cooperativas menores que não teria nunca uma possibilidade dessas, que vão oferecer condições aos seus cooperados. Todos pagarão o mesmo preço, seja pequeno, médio ou um grande produtor. As cooperativas pequenas que compravam 20%, 30% mais caro, vão ter condição de ter mais equilíbrio para poder transferir renda para um pequeno cooperado. O grande mérito de sua gestão a frente da Cocatrel, é que Marco tem orgulho de dizer, é que o pequeno produtor tem o mesmo poder que o grande. “O grande sucesso da Cocatrel, é pensar e trabalhar para o pequeno também. Quando chegamos na presidência, demos voz, visibilidade e possibilidade de que o pequeno compre igual ao grande”, justificou. Seu papel na Coccamig como líder, é fazer com que as cooperativas sejam melhores e que não lesem seus cooperados.

Eleição na Coccamig

A Cooperativa Central de Cafeicultores e Agropecuaristas de Minas, a Coccamig, elegeu em Assembleia Geral no mês de março, Marco Valério Araújo Brito, como seu presidente. Marco é presidente da Cocatrel, que integra a central, fundada em 1.985, engloba 15 cooperativas que estão espalhadas pelo Sul de Minas, Zona da Mata e Cerrado. Ela congrega 40 mil cooperados, tem um faturamento de R$5,5 bilhões e tem um papel importante na representação política, com cadeira no Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) e no Conselho Nacional do Café (CNC). Marco Valério estava sendo sondado a bastante tempo e as negociações para que ele assumisse o cargo começaram ano passado. Em janeiro e fevereiro, depois de muitas conversas e articulações que foram intensificadas, ele montou uma diretoria e assumiu o novo desafio. Estatutariamente, a equipe é ocupada pelos diretores das cooperativas. O vice presidente é Leonardo de Mello Brandão, membro do Conselho de Administração da Cooperativa Agropecuária do Vale do Sapucaí (Coopervass). Um secretário executivo trabalha em tempo integral na sua sede em Varginha e ajuda a fazer a sua gestão. Marco não tem necessidade de estar presencialmente todos os dias. Muitas reuniões são feitas por vídeo conferência e o cargo traz ainda mais visibilidade à Cocatrel.

Marco falou com a imprensa em uma entrevista por vídeo conferência e disse que sua chegada tem o objetivo de deixar a Coccamig ainda mais forte, comercialmente e politicamente. Ele considera uma grande vitória pessoal e está muito feliz, por ter sido eleito por unanimidade, o que é importante para a Cocatrel, pois acredita muito na intercooperação.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here