Reportagem e imagens: Equipe Positiva

 

A Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Sapucaí (Ambasp), deu posse ao seu novo presidente, o prefeito de Santana da Vargem José Elias Figueiredo. O gestor que acaba de ser eleito para seu primeiro mandato no município, tem o grande desafio de reerguer a entidade, que congrega atualmente apenas 10 municípios associados e já chegou a ter 21.  Por causa da pandemia da Covid-19, a cerimônia foi reservada aos gestores e realizada na manhã desta sexta-feira (08), na sede do CISSUL, em Varginha.

A AMBASP tem como objetivo, ações que visem a articulação e o desenvolvimento, estimulando o associativismo com vistas à integração econômica e social dos municípios que a compõem.

Além de José Elias como presidente, a diretoria é formada pelo 1º vice presidente Rossano de Oliveira, prefeito de Coqueiral e o 2º vice presidente Verdi Lúcio Melo, prefeito de Varginha.

O novo presidente reconhece que não será uma tarefa fácil, mas afirma que conta com apoio dos gestores dos demais municípios. Tradicional, a Ambasp foi fundada em 1977, abrange uma área de 9.000 km2 e com uma população de 580 mil habitantes, aproximadamente e sua sede está localizada em Varginha.

Ela oferece um grupo de profissionais técnicos nas áreas de engenharia civil, ambiental, arquitetônica, um grupo de profissionais que trabalham com treinamento e capacitação funcional e as máquinas que formam a Patrulha Motomecanizada.

Zé Elias, Rossano e Verdi, a frente da Ambasp

Segundo Zé Elias, atualmente ela está com as atividades bastante restritas por falta de recursos financeiros, o que vem provocando uma desmotivação nos municípios, de permanecerem filiados e estarem em dia, contribuindo com uma porcentagem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Todos os associados estão convictos que a Ambasp precisa de algumas mudanças, as vezes não muito agradáveis. Estamos conversando com alguns prefeitos para retornarem, como Três Pontas e Boa Esperança. Precisamos neste primeiro momento de pelo menos  15 municípios. A Ambasp já teve 21 municípios e vamos torná-la, mais forte e respeitada em todos os sentidos, inclusive a nível  estadual e federal,  como ela já foi”, ponderou o presidente.

Posse no CISSUL

Aconteceu também junto a posse da Ambasp a posse da nova diretoria do Cissul, que é responsável pela administração de recursos ligados à saúde e não tem relação com o Cissul-Samu, que é um órgão estadual, responsável pela administração do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu).  O ex-prefeito de Campanha Luiz Fernando Tavares passou o cargo para o prefeito de Elói Mendes, Paulo Roberto Belato Carvalho. O primeiro vice prefeito é Rossano Oliveira de Coqueiral e o segundo vice é Fabrício dos Santos Simoni de Cambuquira.

Ao tomar posse no CISSUL, Paulo Roberto falou que as gestões das associações não foram disputadas, as diretorias foram formadas com consenso e devem trabalhar juntas em prol dos municípios.

Veja as diretorias empossadas

AMBASP
Presidente: José Elias Figueiredo
Prefeito de Santana da Vargem
1º vice presidente: Rossano de Oliveira
Prefeito de Coqueiral
2º vice presidente: Verdi Lúcio Melo
Prefeito de Varginha
Conselho fiscal membros efetivos
José Antônio de Carvalho – prefeito de Carvalhópolis
Hélcio Antônio Chagas – prefeito de Carmo da Cachoeira
Lázaro Roberto Silva – prefeito de Campanha

Conselho fiscal membros suplentes
Enéias Machado de Souza – prefeito de São Bento Abade
José Odair da Silva – prefeito de Cordislândia

CISSUL
Presidente: Paulo Roberto Belato Carvalho
Prefeito de Elói Mendes
1º vice presidente: Rossano de Oliveira
2º vice presidente: Fabrício dos Santos Simoni

Conselho fiscal membros efetivos
Marcelo Chaves Garcia – prefeito de Três Pontas
Letícia Aparecida Belato Martins – prefeita de Monsenhor Paulo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here