Um assalto a um supermercado durante a tarde da última sexta-feira (16), no bairro Vila Rica em Três Pontas, chama a atenção pela violência praticada por um jovem, que além de ameaça-la, ainda a puxou pelo cabelo provocando ferimentos.

O jovem entrou no supermercado se passando por cliente, mas logo se dirigiu ao caixa. Ele agarrou a mulher pelos cabelos, colocou uma faca em seu pescoço e anunciou o assalto, exigindo o dinheiro do caixa. A atendente acatou o pedido e ele pegou cerca de R$500.

De acordo com a Polícia Militar, mesmo ela não reagindo, o criminoso passou a faca por diversas vezes em seu pescoço, com o intuito claro que queria machuca-la ou até mesmo tirar sua vida. O ato violento, deixou a mulher machucada, com diversas escoriações no pescoço, no rosto e nos braços, mas ela não quis procurar atendimento médico.

O criminoso fugiu pela Avenida Conceição Queiroz Marinho. A PM foi chamada e ao ver o sistema de monitoramento de câmeras levantou alguns suspeitos. A vítima, ao verificar fotos de quem poderia ser o assaltante, reconheceu prontamente um jovem que acaba de completar seus 18 anos e reside no bairro Jardim das Esmeraldas.

As equipes da polícia iniciaram as buscas, foram até a casa dele porém, mas até a publicação desta reportagem ele não foi encontrado. A bicicleta e a faca usadas no crime foram apreendidas.

A Polícia Civil já abriu investigação para apurar os fatos e pedir a prisão preventiva do criminoso.

Criminoso pega o dinheiro com a mulher do caixa
Bicicleta usada no crime foi apreendida

Suspeito já agrediu supervisora de escola e resistiu a abordagem policial

O jovem suspeito de cometer o assalto já tem uma extensa ficha criminal desde que era menor de idade. Ele tem passagens ameaças, desobediência e por uso de drogas, já foi abordado diversas vezes pela PM. Quando tinha apenas 13 anos de idade, a polícia foi chamada na Escola Estadual Dona Augusta, porque o menino estava fazendo muita bagunça. Ele teria joga um frasco de um filtro solar que era de uma aluna na caçamba de um caminhão que estava passando pela rua. Quando a supervisora da escola foi chamar a sua atenção, o adolescente começou a desacatá-la e quando ela virou de costas, ele pegou uma pedra de paralelepípedo que estava no chão e jogou na supervisora.

Já com 17 anos, enquanto uma guarnição fazia a apreensão de uma motocicleta em uma rua do bairro Jardim das Esmeraldas, ele descia de bicicleta diversas vezes em alta velocidade, colocando em risco as crianças que estavam na rua.

Em determinado momento, os policiais pediram que ele parasse, ele desobedeceu e quando os militares o abordaram foram surpreendidos pela agressividade do menor. Ele gritava e fazia força, dando socos e pontapés, quando os PM’s foram detê-lo. Os policiais militares tiveram que algemá-lo para contê-lo e mesmo assim ele continuou agressivo para chamar a atenção dos moradores da rua. Ele foi detido e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de plantão de Varginha, onde prestou depoimento e foi liberado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here