Presidente Maycon Machado assina o termo de posse, observado pelo ex presidente Luis Carlos

Reportagem Denis Pereira – A Voz da Notícia

Fotos: Hécio Rafael

Foi em discurso emocionado, com a voz embargada, que o mais jovem vereador da Câmara Municipal de Três Pontas, Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), fez os agradecimentos, após ser declarado presidente do Poder Legislativo para o biênio 2019/2020.

Cumprindo seu primeiro mandato nesta legislatura, Maycon Machado se transfere da terceira cadeira da Mesa, a de secretário, cargo que ocupou entre 2017/2018, para a de Presidente. Ao seu lado, está o vice presidente, o vereador Antônio Carlos de Lima (PSD) e a única vereadora Marlene Rosa Lima Oliveira (PDT), secretária.

A cerimônia especial de posse e transmissão de cargo, foi realizada nesta sexta-feira (04), no Plenário Presidente Tancredo de Almeida Neves e contou com a presença de autoridades legislativas da região, políticos da cidade, secretários e assessores da Administração e familiares e amigos dos empossados.

O prefeito Marcelo Chaves, o vice presidente Antônio do Lázaro, o presidente Maycon Machado e a secretária Marlene Lima

O cerimonial convidou os oito vereadores das bancadas para ocuparem seus lugares: Luis Carlos da Silva (PPS), Benício Baldansi (PSL), Erik dos Reis Roberto (PSDB), Luiz Flávio Floriano (PSL), Sérgio Silva (PPS), Geraldo José Prado (PSD), Roberto Donizetti Cardoso (Podemos) e Professor Popó (PSL).

Por último, foram anunciados os novos membros da Mesa Diretora, que foram eleitos em votação aberta na sessão ordinária do dia 05 de novembro de 2018 para gerirem os trabalhos nos próximos dois anos no Poder Legislativo Trespontano. Pela ordem vieram: a secretária eleita, vereadora Marlene Lima, o vice-presidente Antônio do Lázaro e por último, Maycon Machado, o mais aplaudido Ele é o 47º presidente na história de Três Pontas. Ocupou também uma cadeira junto deles, o prefeito de Três Pontas Marcelo Chaves Garcia (MDB).

Os familiares deles também ganharam destaque e assentaram no Plenário. Os pais do novo presidente Maycon, Waldivino Machado e Rosilane Maia Machado, a esposa de Antônio do Lázaro, Maria Aparecida Rosa de Lima e o filho da secretária Marlene, Marcel Henriques Lima Oliveira.

Convidados especiais também se assentaram junto aos parlamentares – o presidente da Câmara de Santana da Vargem Luiz Felipe Mendonça Rodrigues, o ex-presidente da Câmara de Machado e atual presidente da Escola do Legislativo, Maycon Willian da Silva, o secretário de Administração da Prefeitura de Varginha, Sérgio Kuroki Takeishi, o ex-prefeito de Três Pontas Antônio Carlos Mesquita, o delegado de Polícia Civil Dr. Andrey Alves Leite, o sub comandante da 151ª Companhia de Polícia Militar de Três Pontas Tenente Maurício Feliciano Filho, o presidente da Associação Comercial e Agroindustrial Bruno Dixini Carvalho e o trespontano Frei Emerson Carlos Silva, que atua na Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia, no Rio de Janeiro. Vereadores de Nepomuceno e Guapé justificaram suas ausências.

Os músicos do Conservatório Municipal de Música Heitor Villa Lobos, Beto Maciel e Wander Scalioni que sempre colaboram com a Câmara, abriram a solenidade com a execução do Hino Nacional Brasileiro.  

O Poder Legislativo reconheceu o trabalho realizado por Luis Carlos “Luisinho”, que encerrou em 31 de dezembro de 2018, o seu terceiro mandato como presidente (2007/2008, 2015/2016, 2017/2018). Maycon já havia dito que o colega foi um grande professor e é defensor ferrenho do Poder Legislativo. Ele e seu então vice presidente Benício Baldansi, receberam certificado de reconhecimento e agradecimento.

Encerrando seu terceiro mandato como presidente, Luisinho foi homenageado pela Câmara

Nova Mesa Diretora

Os novos membros da Mesa na Casa Legislativa assumiram com o propósito de ratificar o brilhantismo do trabalho deixado pela anterior. Eles vão gerir os trabalhos até 31 de dezembro de 2020.

Marlene Rosa de Lima Oliveira, é a única vereadora da atual legislatura. Foi eleita pela primeira vez em 2016, pelo PDT com 381 votos. Nasceu na zona rural de Três Pontas, na região das Posses/Congonhal. Pertencente a uma família de 12 irmãos, veio para a cidade com 14 anos. Graduou-se em Matemática e pós graduou-se em gerência de empresas. Funcionária pública federal há 32 anos no INSS, sendo 23 anos em Varginha e os demais em Três Pontas, exercendo os cargos de supervisora e gerente.

Antônio Carlos de Lima está em seu terceiro mandato. Foi eleito pelo PSD com 782 votos. Nasceu em Três Pontas, mora no Distrito Quilombo Nossa Senhora do Rosário e é motorista por profissão. Casado com Maria Aparecida de Jesus Rosa Lima e é pai de um filho: Plínio.

Maycon Douglas Vitor Machado, nasceu em Três Pontas e tem 30 anos. É filho de Waldivino Machado e Rosilaine Maia Machado. Por muitos anos representou Três Pontas através do vôlei. Dedicou-se à carreira bancária/financeira chegando a gerência no Banco Mercantil do Brasil em Varginha. Gerenciou a frota da equipe CISSUL e prestou atendimento ao Programa Bolsa Família de Três Pontas. Graduou-se em Administração de Empresas, posteriormente em matemática. Possui título de especialista em gestão pública/políticas públicas e pós graduação em educação inclusiva. Sempre esteve envolvido em trabalhos sociais, religiosos e esportivos na comunidade. Cumpre seu primeiro mandato e foi em 2016, o vereador mais votado, com 1.666 votos.

Presidente recebe documentos e o cargo

Com o objetivo de efetuar a mudança de direção de forma transparente, materializando a situação financeira e patrimonial da Câmara Municipal de Três Pontas, o ex-presidente Luisinho assinou e entregou ao seu sucessor, Maycon Machado, uma pasta contendo diversos documentos. Entre eles, dados bancários, financeiros, patrimonial e a relação de servidores, efetivos, comissionados e estagiários; entre outros.

Aproveitando a presença a frente, Maycon, Antônio e Marlene já assinaram o termo de posse e simbolicamente foram declarados empossados para o biênio.

Frei Emerson fez as orações. Coube a ele, a missão de abençoar o mandato. Ele usou a Tribuna e reafirmou que o poder é dado pelo povo e deve ser usado a favor da população.

Pronunciamentos de agradecimentos

Os vereadores empossados continuaram o mesmo perfil de discurso – agradecimentos e dedicação ao trabalho em favor da cidade.

Marlene Lima que tem uma grande relação de amizade com Maycon Machado, chorou ao dizer da vontade que o colega tinha de ser presidente. Se eles já dividiam diversas ações parlamentares em conjunto, esta parceria deve aumentar a partir de agora. Ela terminou lendo uma mensagem de Khalil Gilbran.

Antônio do Lázaro foi bem breve. Somente agradeceu a amizade com Luisinho, a parceria com a Administração do prefeito Marcelo Chaves, o apoio da família e todos aqueles que prestigiaram a cerimônia.

Executivo quer harmonia com Legislativo e anuncia reforma administrativa

O prefeito Marcelo Chaves Garcia também discursou. Espera que o novo presidente da Câmara Maycon Machado, agirá da mesma forma que seu antecessor Luisinho, que foi grande parceiro do Poder Executivo, sem políticas pequenas que só atrasam o desenvolvimento da cidade. “Desejo a continuidade da mais perfeita harmonia entre os poderes Legislativo e Executivo”, explanou o prefeito.

Marcelo falou que tem gratidão por todos os vereadores, porque quando assumiu em meio a grandes turbulências e uma crise nunca vivenciada pelo Estado de Minas Gerais, teve o apoio de muitas pessoas e muitas delas estavam presentes a cerimônia de posse. Teve que tomar várias medidas severas, cortando gastos, cargos comissionados, mas nunca foi questionado quanto à necessidade do momento. Ele aproveitou para anunciar que irá protocolar nos próximos dias na Câmara, um projeto de lei reestruturando administrativamente a Prefeitura, que na opinião do gestor, hoje, conta com mais cargos políticos do que o necessário. A intenção é economizar anualmente R$1,5 milhão nos cofres públicos privilegiando o servidor efetivo, de carreira.

Marcelo Chaves pediu desculpas se não consegue atender todas as expectativas nele depositadas. “Para um homem só, a responsabilidade é realmente enorme. Porém, acredito num governo de todos, empresários, instituições e cidadãos, onde a soma de esforços é que dará grandes resultados. Tenho feito o meu melhor pela minha cidade, cidade onde nasci, cresci e amo com todas as minhas forças. Com ética, esforço, diálogo e trabalho poderemos sair todos vitoriosos dessa luta por uma cidade melhor”, concluiu o Chefe do Executivo.

Maycon convoca Executivo e Legislativo a ‘colocar a mão na massa’

O discurso do novo presidente, foi marcado pela reafirmação do compromisso que assumiu com a população trespontana. Na Tribuna Maycon chorou, agradeceu e convocou as autoridades a trabalharem.

O jovem presidente agradeceu primeiro a Deus, pela oportunidade de viver tudo que está vivendo. Agradeceu ao povo que sempre o incentiva, torce e vibra com ele nas suas conquistas. Mencionou os amigos que o apóia sempre nas decisões que ele toma. Na lista de reconhecimento também entraram os colegas que confiaram nele tamanha responsabilidade. Aos servidores da Casa, ao ex presidente Luisinho, mas em especial a sua família, que é a sua base de tudo.

A voz dele já não era a mesma. Ele fez uma pausa maior para lembrar de uma pessoa que queria muito vê-lo como presidente. A servidora Evânia Rocha Moreno lhe apoiou muito enquanto viveu a vida terrena e foi por muito tempo seu esteio, juntamente com seus familiares.

Aos colegas já disse que irá cumprir o Regimento Interno, buscando sempre harmonia, paz e principalmente o bem comum. “Trabalhar com sensatez, equilíbrio e acima de tudo bom senso, é necessário é isso que farei enquanto presidente desta Casa. Mais uma vez, reforço a busca por hamonia entre os três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário, assim como equilíbrio para aproximar a população da Câmara que é do povo”, discursou Maycon Machado.

O presidente registrou sua preocupação com a atual situação do Município, em relação ao não recebimento de verbas do Estado de Minas Gerais, o que tem dificultado muito as coisas. Na visão dele, na crise é que se cria oportunidade e se fica mais forte, sempre buscando soluções. Por isto, Maycon afirmou que é preciso serem mais firmes nas ações. “Prefeitos, secretários e colegas. Precisamos muito colocar ainda mais a mão na massa. A cidade precisa de nós”, concluiu o Chefe do Legislativo.

Volta aos trabalhos

Apesar da posse da Mesa Diretora, os vereadores estão em recesso que termina no dia 04 de fevereiro, data que está marcada a primeira sessão ordinária de 2019, a primeira da nova legislatura.

COMPARTILHAR