Os dois menores de 16 e 17 anos, que assaltaram uma taxista em Três Pontas na tarde de sábado (18), foram apreendidos novamente depois de serem liberados na Delegacia de Polícia Civil de Alfenas.

De acordo com a Polícia Militar, os adolescentes abordaram um taxista, na Avenida na Avenida Governador Valadares, próximo da igreja do bairro Vista Alegre, pedindo uma corrida até a saída para Campos Gerais. Chegando ao local combinado, o menor que estava na frente, rendeu a vítima colocando uma faca no seu pescoço e anunciou o assalto. Eles tiraram o taxista do carro e saíram em alta velocidade.

Uma viatura que estava no caminho, desconfiou e seguiu o veículo pela rodovia BR 369. Para tentar despistar, eles entraram em uma estrada vicinal, fazendo uma manobra perigosa e bateram em uma porteira. O automóvel ficou bastante danificado.

Mesmo assim, abandonaram o táxi e fugiram para um cafezal. Os militares cercaram o local e encontraram a dupla, que foi reconhecida pela vítima. O carro foi recuperado e apreendido, a cerca de 10 quilômetros do perímetro urbano de Alfenas.

Eles foram novamente apreendidos, levados de volta para a Delegacia de Polícia Civil da cidade e serão encaminhados para a Promotoria de Justiça de Três Pontas, onde eles residem.

O veículo bateu em um portão na zona rural, na saída para Campos Gerais

É que a dupla foi quem assaltou a taxista Donilde Maria Oliveira, a “Nilda do Táxi” de 62 anos. Ela foi abordada no Terminal Rodoviário por volta das 15:00 horas, para uma corrida ao bairro Jardim Greenville.

Quando eles chegavam no bairro Século, eles a renderam e anunciaram o assalto. Colocaram a taxista no porta malas e depois a abandonaram em uma estrada vicinal. Os dois fugiram levando o veículo, um Ecosport, a carteira dela com R$200 em dinheiro e dois aparelhos celulares.

A Polícia Militar conseguiu identificar os suspeitos depois de verificar as imagens do circuito de segurança da Rodoviária e descobriu que eles já são bastante conhecidos no meio policial.

Em Alfenas foi feito o cerco e houve perseguição por algumas ruas da cidade. Eles só pararam depois de alguns quilômetros, depois que o pneu do carro estourou e o motorista, um jovem de 18 anos parou, os três desembarcaram e foram abordados. As facas e o canivete usados no crime foram encontrados. Depois que foram ouvidos na Delegacia, eles foram liberados e nesta segunda-feira (20) ao sairem, cometeram o mesmo crime de novo.

Eles já realizaram vários assaltos em estabelecimentos comerciais em Três Pontas e já estiveram recentemente internados em Centro Sócio Educativos do Estado de Minas Gerais.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here