Morreu no início da manhã deste domingo (14), no Hospital São Francisco de Assis, em Três Pontas, o Peterson Tolentino Pereira de 37 anos.

O rapaz é acusado de esfaquear a esposa de 33 anos e depois tentado de matar. O crime foi na noite de quarta-feira (10), no bairro Botafogo em Três Pontas.

Vizinhos chamaram a Polícia Militar depois de ouvirem que um casal estava brigando dentro de um apartamento, na Rua Azis Murad. Quando os militares chegaram, encontraram a mulher com o braço perfurado e sangrando bastante. Ela contou que o marido também estava ferido no imóvel. O rapaz estava com um corte na barriga e também sangrava demais. Quando os policiais foram falar com Peterson, e ele disse que havia acabado com sua família, que merecia morrer. Ele afirmou que havia cortado o braço da esposa por ciúmes e depois cortou seu próprio corpo, a fim de se matar.

Os dois foram socorridos pelo SAMU para o Pronto Atendimento Municipal (PAM). A mulher foi atendida, passou por exames e foi liberada em seguida. Já Peterson, foi internado no Hospital São Francisco de Assis, passou por cirurgia de urgência no dia seguinte, devido as perfurações no abdômen. Neste sábado, o estado de saúde dele piorou e foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e morreu neste domingo.

A mulher contou que a briga entre os dois é freqüente. A filha do casal de apenas 8 anos estava na casa e presenciou as agressões.

COMPARTILHAR