No acidente, o condutor da moto de 29 anos morreu na hora. Motorista do carro fugiu do local sem prestar socorro às vítimas

O rapaz que se envolveu no acidente na virada do ano, no bairro Aristides Vieira, em Três Pontas, se apresentou voluntariamente na tarde desta quarta-feira (02), na Delegacia de Policia Civil.

Ele estava acompanhado de seu advogado Francisco Braga Filho e prestou depoimento. O rapaz explicou que estava seguindo sentido Centro, quando a motocicleta apareceu em alta velocidade e se chocou contra seu carro. Imediatamente moradores começaram a sair na rua. Com medo de represálias, ele fugiu do local com um conhecido que passou pelo local e o levou embora para casa. Ele só soube da morte de Bruno André Soares, o condutor da moto, no dia seguinte e ficou ainda mais atordoado. “Ele está assim até hoje e ficou muito triste com o acontecido, pois é um cidadão de bem”, disse o advogado.

Apesar da pancada ter sido muito forte, acionando inclusive o airbag, ele não se feriu, mas sente apenas dores pelo corpo.

De acordo com Dr. Francisco Braga, o inquérito já foi aberto e seu cliente está a disposição da justiça. Eles aguardam agora o resultado da Perícia da Polícia Civil e o depoimento de pessoas que estavam no local.

O acidente

O acidente no fim da noite de segunda-feira (31), foi na Rua Regina Célia Vicentini, matou na hora, Bruno André Soares, que teria entrado na contramão de direção com sua moto, e batido de frente com o veículo Space Fox, que seguia sentido contrário. Equipes do SAMU e dos Socorristas Voluntários tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram. O garupa foi socorrido para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) e está internado no Hospital São Francisco de Assis.

Com o impacto da batida, os ocupantes da moto, foram arremessados na calçada da Escola Estadual Marieta Castro. Bruno teve o pé amputado na batida. O corpo dele foi sepultado no dia seguinte, no Cemitério Municipal.

COMPARTILHAR

Comentários