Explosão em empresa de concreto faz pedra atingir casa em Lavras

Uma pedra atingiu uma casa na manhã desta segunda-feira (2) no bairro Campestre 3, em Lavras, depois de uma explosão em uma empresa de concreto. Com a explosão, uma pedra do tamanho de um bloco atingiu a residência. A pedra atravessou o muro e causou danos ao piso e à laje. Um homem quase foi atingido, mas ninguém ficou ferido.

Os estilhaços da pedra atingiram ainda outras casas. Segundo os moradores do bairro, esta não é a primeira vez que as explosões da empresa acertam as casas. A perícia foi chamada e esteve no local avaliando os prejuízos.

A Polícia do Meio Ambiente informou que vai analisar a legalidade da empresa. Representantes do Exército também vão avaliar a procedência e a utilização dos explosivos pela empresa.

Onze são detidos em operação e Candeias e Campo belo

Oito pessoas foram presas e três adolescentes foram apreendidos durante uma operação da Polícia Civil em Candeias e Campo Belo, nesta segunda-feira (2). Segundo o delegado Rodrigo Alexandre Teodoro, a “Operação Legalidade” cumpriu mandados de prisão de crimes como latrocínio, homicídio, estupro e tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a polícia, além dos presos, foram apreendidos dois revólveres, uma pistola e 600 gramas de drogas, divididas entre crack, cocaína e maconha. Todos os detidos foram levados para a Cadeia de Candeias e o material apreendido para a delegacia da cidade.

Participaram da operação cerca de 70 policiais civis das cidades de Lavras, Candeias e Campo Belo.

Criminosos invadem igreja e levam R$ 50 mil em Senador Amaral

Cerca de R$ 50 mil foram levados da Igreja Matriz de Senador Amaral durante um assalto na noite deste domingo (1º). Segundo a Polícia Militar, dois homens surpreenderam o padre quando ele chegava na casa paroquial. Eles obrigaram o padre a ir até o salão da igreja onde estava o dinheiro arrecadado na Festa de São Sebastião, que aconteceu no fim de semana.

O padre entregou o dinheiro e os suspeitos fugiram. Ninguém ficou ferido.

Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

COMPARTILHAR

Comentários