Marrony, protagonista do duelo contra o Ceará. (FOTO: Pedro Souza/ Atlético-MG/GloboEsporte.com)

A 3ª rodada do Campeonato Brasileiro foi encerrada na noite deste domingo (16). Com três jogos sábado (15), os duelos desse encontro de fim de semana não foram bons na média geral, excetuando o Santos e a partida entre Atlético e Ceará, os outros jogos deixaram a desejar. Entre os poucos destaques estão: a boa aplicação de jogo do time do Vasco, a vitória com gosto de empolgação do Flamengo e claro, o belo triunfo do Santos na Vila Belmiro diante do bom Athletico Paranaense. Vale informar que o Galo é líder isolado com 9 pontos, o campeonato segue com 8 times contendo apenas 2 jogos e 12 times com os três jogos já realizados.

Resultados da 3ª rodada

Sábado (15)

GRÊMIO 0 X 0 CORINTHIANS

CORITIBA 0 X 1 FLAMENGO

PALMEIRAS 1 X 1 GOIÁS

Domingo (16)

ATLÉTICO-MG 2 X 0 CEARÁ

BAHIA 2 X 1 BRAGANTINO

VASCO 2 X 1 SÃO PAULO

FLUMINENSE 2 X 1 INTERNACIONAL

ATLÉTICO-GO 1 X 1 SPORT

FORTALEZA 0 X 0 BOTAFOGO

SANTOS 3 X 1 ATHLETICO-PR

No sábado, só o Flamengo foi bem!

O duelo entre Coritiba e Flamengo, foi o melhor jogo de sábado. O time da casa pouco conseguiu criar nos contragolpes, já o visitante, como era de se esperar, venceu e jogou bem melhor do que nas últimas partidas, criou muito mais e esboçou uma movimentação com mais dinamismo. O Fla saiu da zona de rebaixamento e segue favorito ao título, mas ainda precisa chegar mais próximo ao nível da temporada passada, já o Coxa parece que vai brigar apenas para permanecer na Série A.

Os outros dois jogos foram mais do mesmo. Um Grêmio pouco eficiente contra um Corinthians que segue tendo dificuldade na criação de jogadas. O time gaúcho parece estacionar em um período de crise em certas estruturas do seu jogo. O outro duelo foi entre Palmeiras e Goiás, o time alviverde pouco convenceu e mais uma vez praticou um futebol burocrático e com poucos arranques, e vale lembrar que o time goiano estava bem desfalcado, mas foi mais valente, no entanto, também pouco qualitativo em suas chegadas ao setor ofensivo.

Galo e Vasco da Gama seguem 100%

Na manhã de domingo (16), o Galo recebeu no Mineirão, o Ceará. O visitante não foi mal, pelo contrário, soube jogar muito bem no contragolpe, mas não conseguiu fazer nenhum gol. Por sua vez, o time dirigido por Sampaoli conseguiu vencer, entretanto, dessa vez não convenceu tanto assim, até mesmo devido ao pouco repertório do primeiro tempo e a ausência do bom jogador, Nathan. O time teve mais a posse, porém, encontrou dificuldades contra os cearenses, no mais, Marrony desequilibrou e mostrou que pode fazer a diferença.

No outro jogo, esse mais tarde, o Vasco venceu o São Paulo por 2 a 1. O tricolor começou melhor, principalmente nos primeiros 15 minutos, o problema é que o time continua esbarrando nas poucas chances criadas e na inoperância do mecanismo do seu estilo de jogo com Diniz. O Gigante da Colina, fez o jogo esperado, soube defender com linhas baixas e quando teve a bola foi pra cima sem nenhum medo de errar. O Vasco foi melhor na sua aplicação de jogo e taticamente soube “domar” o falso controle do jogo que teve o São Paulo. O atacante Cano fez dois gols, teve um bom posicionamento e leitura de jogo.

Jogos que não empolgaram

Excetuando a vitória do Santos, os outros quatro jogos não empolgaram. Tanto a vitória do Bahia, quanto a do Flu, não convenceram. O Bragantino não fez um jogo ruim contra o Bahia, faltou futebol para os dois times, mas o Bahia ganhou na bacia das almas, ou melhor, no apagar das luzes, o zagueiro Ernando além do gol para os baianos, foi bem defensivamente.

No Rio de Janeiro, o Inter não repetiu a boa partida que fez diante do Santos, o Fluminense também não foi bem, mas melhorou desde a primeira rodada. Guerreiro mais uma vez deixou sua marca e Nenê fez dois gols de pênalti. Ambos os times precisam ser mais regulares. Outros jogos que não empolgaram ficaram no empate.

Em fortaleza, o time treinado por Rogério Ceni ficou no 0 a 0 contra o Botafogo. O Glorioso carioca tem um elenco limitado e um futebol ainda comum, embora a ideia de jogo seja promissora, já ao Fortaleza faltou eficácia, o time joga em um ritmo até interessante, mas não convenceu ainda, como muitos clubes. O outro duelo muito semelhante foi entre Dragão e Leão em Goiânia, o Sport criou mais e teve também mais vezes a bola em seus pés, mas vale pontuar que o Atlético Goianiense jogou com um a menos cerca de 25, 30 minutos.

Santos joga bem e vence a primeira no Brasileirão

O Peixe agora dirigido por Cuca, venceu a primeira. Cuca teve sua terceira partida como treinador e primeira vitória. O jogo que ficou 3 a 1, teve em Marinho o protagonista, o ponta jogou muito bem e com seu estilo de jogo habitual, velocidade e drible, fora a boa finalização. O Santos ofensivamente foi melhor, o Furacão teve mais posse de bola e soube atacar, contudo, pecou nas finalizações.

Na média geral, os jogos da rodada foram bem abaixo da expectativa. O futebol no brasil segue jogado de forma burocrática, os motivos da pandemia são compreendidos, mas não servem em geral de justificativa.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here