(FOTO: Divulgação/Atlético/SuperEsportes)

 

A 8ª rodada do Brasileirão foi encerrada neste domingo (06). A rodada contou com jogos que tiveram altos e baixos na questão técnica. O Flamengo mais uma vez venceu e sem dúvida está em período positivo e o Galo a mesma coisa, embora os jogos do time mineiro tenham tido ingredientes que tornaram o jogo positivo ao Atlético. O Colorado segue líder com seus 17 pontos, mesmo não vencendo o estratégico e neste momento oscilante, Bahia. Confira os resultados abaixo:

RESULTADOS DA 8ª RODADA

Sábado (05)

FLAMENGO 2 X 1 FORTALEZA / 17h

CORINTHIANS 2 X 2 BOTAFOGO / 19h

CEARÁ 0 X 1 SANTOS / 21h

Domingo (06)

BRAGANTINO 1 X 2 PALMEIRAS / 11h

INTERNACIONAL 2 X 2 BAHIA / 16h

SÃO PAULO 3 X 1 FLUMINENSE / 16h

VASCO DA GAMA 1 X 0 ATHLETICO-PR / 18h

ATLÉTICO-GO 1 X 1 GRÊMIO / 19h

SPORT 2 X 1 GOIÁS / 20h30

CORITIBA 0 X 1 ATLÉTICO-MG / 20h30

Quatro jogos não tiveram tanta relevância. Embora o placar e a boa quantidade de gols na competição, em média a melhor, o Corinthians ficou no 2 a 2 com o Botafogo, que segue oscilando e com pequenos lampejos do time competitivo traçado. O Santos visitou o Ceará e venceu pelo placar mínimo, o Santos é um time que conquista resultados interessantes, mas com um futebol ainda sem grande padrão. Os outros dois jogos foram os seguintes: empate em Goiânia do Dragão com a decepção desse início de competição, o Grêmio e claro, a vitória do Sport sobre o Goiás, mais uma no comando de Jair Ventura e essa com um bom desempenho e atuação ofensiva.

G-6 bem representado

O G-6 do Campeonato Brasileiro está sendo formado por Inter, São Paulo, Atlético, Vasco, Flamengo e Palmeiras. Todas essas equipes merecem frequentar essas colocações pelos resultados que conquistaram e conquistam, mas a qualidade do futebol está um pouco a desejar, o que é até compreensivo, vamos por partes.

O líder entrou em campo diante do Bahia. Jogando em casa o Inter foi mais dominante, o Bahia abriu o placar e mesmo assim o Colorado virou merecidamente, porém, por competência, o Bahia empatou no final do jogo. O Inter teve algumas falhas individuais e não conseguiu por méritos do Bahia, “segurar” o resultado, o jogo foi marcado por polêmica com o VAR.

Dos dois paulistas no G-6, o Palmeiras venceu o Bragantino por 2 a 1, em mais um jogo onde o individual de certa maneira mascara o jogo coletivo pouco efetivo do Verdão, que tem muita margem para melhorar. Já o São Paulo recebeu o Flu e bateu a equipe carioca por 3 a 1, o primeiro tempo da equipe paulista foi abaixo, o segundo melhorou bastante, o time segue oscilando durante as partidas, já o Flu tem trocas que não se sustentam durante o jogo e mais, o time se desequilibra com essas alterações, é um time de meio de tabela, mas também tem margem para melhorar.

Da parte dos cariocas na primeira parte da tabela, o Flamengo mais uma vez triunfou, o time gradativamente está evoluindo e conquistando resultados, continua sendo favorito ao título, mas não o único. O Fortaleza fez um bom jogo no Rio de Janeiro, recuperou o ineficaz futebol praticado na rodada passada. Já o Vasco da Gama jogando em casa venceu o Athletico Paranaense, o Furacão melhorou e criou mais, no entanto o Cruzmaltino de Germán Cano, que mais uma vez deixou sua marca, o time de São Januário foi mais uma vez eficiente e jogou na sua estratégia que ainda é limitada, até pelo elenco vascaíno.

Para finalizar o G-6, o 3º colocado, Atlético Mineiro visitou o Coritiba. O Galo controlou bem o 1º tempo e fez o único gol do jogo. O Atlético soube se defender atacando, o Coxa não foi mal, mas também não foi bem devido ao jogo competente do time de Minas. Em resumo, o Inter merecidamente é o líder, mesmo com futebol burocrático em muitos momentos e obviamente que o Flamengo e Atlético têm mostrado suas forças, o Palmeiras, São Paulo e Vasco não podem ser descartados, mas não devem ser exaltados, afinal não estão acima dos três primeiros colocados, pelo menos nesse momento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here