(FOTO: REUTERS/Ueslei Marcelino)

 

Por Loui Jordan

Neste final de semana muitos jogos demonstraram o “semblante” de cada time nesse início de ano. De todos os estaduais, o grande favorito em seu Estado é o Flamengo, que diga-se de passagem, sagrou-se campeão neste domingo (16). Por outro lado, têm os times que precisam melhorar seu rendimento, caso do Atlético Mineiro.

Supercopa do Brasil

Em duelo disputado em Brasília no Estádio Mané Garrincha, às 11h da manhã de domingo, o Flamengo venceu bem o Athletico Paranaense. O jogo reuniu os detentores dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, obviamente da temporada passada.

O que se viu na primeira etapa era o imaginado, um Flamengo dominante e com o habitual poder de fogo. No conjunto dos primeiros 45 minutos, o resultado foi dois gols pró Flamengo e uma ou duas chances para o Furacão no final. Já no segundo tempo o ritmo caiu, algo natural, o Athletico não foi mal, no entanto, é mais um adversário superado pelo rubro-negro que ainda ampliou o marcador para 3 a 0.

Com este desempenho e resultado, o Flamengo demonstra novamente ser o grande time a ser batido na América. O time carioca ainda precisa resolver problemas importantes fora de campo, mas dentro dele, segue tudo vermelho e preto, com direito a troféu.

Campeonatos estaduais

Nos quatro principais estaduais, o Paulista e o Mineiro foram os mais movimentados.

Campeonato Mineiro

Existem quatro pontos a serem destacados no Mineiro. O primeiro, a oscilação em desempenho e resultado de Cruzeiro e Atlético, principalmente do alvinegro. Segundo, a boa campanha de Caldense e Tombense e em terceiro, a falta de favoritismo de algum clube para o título, já que o torneio se encontra na metade da primeira fase e por último, a fase ruim do Boa Esporte.

Somando isso tudo, o Cruzeiro empatou no apagar das luzes com a Patrocinense neste domingo, o time precisa de alguns reparos. O seu rival, Atlético, é um time que não inspira confiança e muito menos bom futebol, perdeu merecidamente para o grande time do campeonato, a Caldense de Poços de Caldas. E para finalizar, o Boa Esporte foi derrotado para o Vila Nova, detalhe, o jogo em Varginha. O Boa não venceu até agora na temporada e mais, o Campeonato Mineiro segue pouco eletrizante e com duelos bem equilibrados.

Campeonato Paulista

No Paulista três jogos de destaque. Excetuando a bela vitória do Palmeiras e do Bragantino, a rodada não foi tão empolgante. No Clássico entre São Paulo e Corinthians, os goleiros foram os destaques. Ao tricolor falta confiança e ao Timão, boa sequência. O Santos não venceu nessa rodada, ficou no zero com a Ferroviária e o jogo foi em Araraquara, falta atitude e uma solidificação do novo formato de jogo.

Os grandes vitoriosos dessa 6ª rodada, foram realmente o Verdão e o Bragantino. O time de Bragança Paulista fez um sonoro 3 a 0 em cima do Oeste, a equipe não é favorita ao título, mas pode aprontar. Mudando de jogo, o Alviverde recebeu o Mirassol, o duelo marcou a “estreia” no gramado sintético do Allianz Parque. O bom time do Mirassol abriu o placar, mas no segundo tempo o Palmeiras criou bem e virou para 3 a 1 e assegurou uma vitória boa e que oferece tranquilidade para Luxemburgo trabalhar mais a equipe.

No Paulista o cenário é sem um grande favorito. O Palmeiras ainda no papel é o melhor, já o São Paulo segue exposto ao painel da eterna desconfiança, justa aliás, e para terminar, Santos e Corinthians ainda estão em fase de reajustes.

Campeonato Gaúcho e Carioca

No Gaúcho, o Caxias venceu o Ypiranga e vai enfrentar o Grêmio na decisão do primeiro turno. O Time de Renato Gaúcho venceu o Inter no sábado (15) no Beira-Rio, o Colorado foi muito bem, soube jogar, porém, o time do Grêmio foi mais efetivo.

No Rio de Janeiro, o Boavista será o adversário do Flamengo na final da Taça Guanabara. O Boavista segurou o empate de 1 a 1 com o Volta Redonda e agora terá a desconfortável missão de disputar uma final contra o Flamengo.

Lalim Pedras e Vidros campeão

Em jogo disputado às 9h no Estádio Ítalo Tomagnini, a equipe do Lalim Pedras e Vidros (Campeão no Vila) venceu o Calhas & Cia (Campeão no Morada Nova). Com isso, o Lalim ficou com o título de Campeão da Supercopa do Futebol Amador de Três Pontas, o placar foi 2 a 0. A partida de certa forma inaugura oficialmente o calendário municipal de futebol amador, por mais que já tenhamos alguns campeonatos em andamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here