EXCLUSIVO – A Organização das Nações Unidas (ONU), em 2006, declarou o dia 15 de junho como o Dia Mundial de Conscientização de Violência à Pessoa Idosa. Criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa e, simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitá-la como normal, está entre os objetivos de celebrar este dia.

Na segunda-feira (16), cerca de 250 idosos de Três Pontas que integram a Vila Vicentina São Vicente de Paulo, o Centro de Conviver e Crescer e o Centro de Convivência do Idoso Lourenço Siqueira, que tem como diretora Diana Dayse Mota Tiso, participaram durante toda a tarde de atividades recreativas, como dança, alongamento, bingo e ainda tomaram um lanche. A ação foi promovida pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Conselho Municipal do Idoso e o Centro de Atenção Psicossocial (Caps). As crianças do Núcleo de Atendimento da Criança e Adolescente Espaço Arco Iris (NACA) e integram o Coral Vozes da Esperança fizeram uma participação especial cantando a música que eles gravaram no CD acompanhados do professor Alex Tiso.

Assunto sério foram os temas levados pelo Conselho do Idoso e pelo Creas. Atentos e acomodados no Centro do Idoso eles ouviram a psicóloga, referência técnica municipal em saúde do idoso, da Secretaria Municipal de Saúde Catarina Conegundes Alves que divulgou a Campanha “Rompendo o Silêncio” proposta pela Coordenadoria Especial de Políticas para o Idoso (CEPID) da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDESE) que orienta no Estado de Minas Gerais as ações voltadas a este segmento da população.

O Creas é o órgão de proteção aos idosos que atende casos de abuso, ameaça, exploração e violência, com atendimento psicossocial, psicológico juntamente com o assistente social, e faz ainda acolhida, encaminhamentos e diversas orientações. Segundo a coordenadora do Creas, Sara Silva Souza, (foto) as denúncias sempre são feitasDSC01725 ao Conselho do Idoso.

A vice presidente do Conselho do Idoso, Marilda Tiso Fernandes Correa diz que a comemoração é fundamental e positiva, pois, cuidando dos idosos vêem diariamente muitos sendo maltratados e roubados, por isto a importância da divulgação dos direitos que eles tem. “Eu mesma atendo de 4 a 5 casos por semana. Muitos não tem mais aposentadoria, pois os filhos já fizeram diversos empréstimos no nome dos pais”, denunciou.

O Centro do Idoso funciona de segunda a sexta-feira de 7:30 as 16:30. Já o Conviver e Crescer tem diversas atividades na sua sede no bairro Bom Pastor, as segundas e quartas-feiras e sexta tem aula de hidroginástica.

Presentes no evento a secretária municipal de Assistência Social Maria de Fátima Carvalho Mendonça Rabello e a equipe técnica dos programas, com seus servidores.DSC01721

COMPARTILHAR

Comentários