Bruno Henrique, destaque do jogo com dois gols. (Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Por Loui Jordan

Neste final de semana, tivemos mais um encontro do Brasileirão. A 4ª rodada do Campeonato Brasileiro redefiniu pontos importantes para o torneio, os duelos de sábado (11) demonstraram as dificuldades dentro de campo, já os de domingo (12) anunciaram os times que jogam para além do senso comum. Em São Paulo tivemos dois jogos absolutamente distintos, no Rio de Janeiro observamos o mais do mesmo. No Gigante Beira Rio e no gigante da Pampulha, o futebol apresentou dois times que souberam jogar.

O Palmeiras se mostra muito imponente em solo doméstico. Santos, Inter, Flamengo e São Paulo se apresentam como adversários que podem ameaçar o Verdão. O Atlético Mineiro ainda está em formação, e claro, enfrentou o seu primeiro grande adversário na competição. O Brasileirão está só no início, no entanto se perder no começo, pode ser um indício de dificultosa recuperação quando o campeonato chegar na sua “hora da verdade”.

4ª RODADA

SÁB 11/05/2019

Fluminense 0 x 1 Botafogo / MARACANÃ

Corinthians 0 x 0 Grêmio / ARENA CORINTHIANS

Goiás 2 x 1 Ceará / SERRA DOURADA

DOM 12/05/2019

Flamengo 2 x 1 Chapecoense / MARACANÃ

Internacional 3 x 1 Cruzeiro / BEIRA-RIO

Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras / MINEIRÃO

Santos 3 x 0 Vasco da Gama / PACAEMBU

Fortaleza 0 x 1 São Paulo / CASTELÃO

Avaí 0 x 0 CSA / RESSACADA

Athletico-PR 1 x 0 Bahia / ARENA DA BAIXADA

Os paulistas dominam o Brasileirão

No clássico do Rio, o Botafogo bateu o fluminense. Com mais uma atuação reativa, o Fogão conquista sua terceira vitória consecutiva. O Fluminense segue oscilando, agora tem mais uma derrota em casa. Em Itaquera, empate apático, Carille reclamou do VAR e Renato Gaúcho enalteceu bom desempenho do Grêmio no estádio do Corinthians. Em Goiânia, o Goiás venceu com gol nos acréscimos e o VAR foi atuante na partida. O Ceará não foi mal, no entanto acumula três derrotas no início do campeonato. Na manhã deste domingo (12), o Maracanã recebeu Flamengo e Chapecoense.

O time carioca venceu mais uma, é verdade que jogou com o time alternativo, mesmo assim mereceu e o volante Ronaldo foi muito bem nessa partida. No Pacaembu, o time que será dirigido por Luxemburgo, demonstrou toda dificuldade contra o Santos. O Peixe foi superior em tudo e venceu com autoridade, o VAR nessa partida também foi atuante, o Vasco precisa urgentemente encontrar soluções para a saída de bola. Em Porto Alegre, o Internacional venceu um Cruzeiro que pareceu sem energia. Isso porque o time mineiro falhou defensivamente e tinha dificuldade em agredir, o Inter mereceu e aos poucos vai conquistando seu lugar no campeonato.

Em Belo Horizonte, o Palmeiras foi melhor. O time de Felipão jogou mais bola, vale dizer que no primeiro tempo tivemos um jogo até equilibrado, mas no segundo, por alguns fatores, não tivemos equilíbrio. O Verdão fez 2 a 0 no Galo, agora o Palmeiras retoma as rédeas do torneio, o Atlético precisa se ajustar contra os grandes adversários. No Castelão, Fortaleza e São Paulo fizeram um jogo sem grandes destaques, exceto Rogério Ceni. O Tricolor do Morumbi venceu por 1 a 0, segue em mudanças positivas.

Por fim, Avaí e CSA continuam sem vencer no Campeonato Brasileiro. O duelo na Ressacada teve o time da casa como dominante das ações ofensivas. No Paraná, após dois jogos sem vitória, o Furacão venceu pelo placar mínimo o Bahia. Foi uma boa disputa, o Athletico segue com poder para “assombrar” os gigantes favoritos, entretanto a missão dele, é mais difícil.

COMPARTILHAR