Imagem exprime a valorização da diferença e a convivência harmoniosa

 

A imagem criada para ilustrar a edição de 2019 do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) foi divulgada na última sexta-feira (14). O projeto da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que tem parceria de câmaras municipais e apoio da PUC Minas, vai abordar a “Discriminação étnico-racial”.

A Gerência de Publicidade e Comunicação Visual ficou responsável pela criação da arte. O trabalho foi guiado por palavras como respeito às diferenças, convivência harmoniosa, tolerância, diversidade e identidade.

Adequadas ao público do projeto, que são jovens estudantes, as escolhas gráficas contemplam imagens em cores vivas e alegres, além de uma fonte descontraída. Também foi utilizada uma fotografia com o objetivo de gerar identificação e proximidade dos alunos com a identidade visual.

Subtemas – Como acontece a cada edição, o tema será abordado pelos estudantes em três aspectos. No próximo ano, os subtemas serão:

  • Subtema 1 – Desigualdades socioeconômicas
  • Subtema 2 – Violências por motivo étnico-racial
  • Subtema 3 – Direito às identidades e à diversidade cultural

PJ edição 2019 atrai novos municípios

“Queremos levar os jovens para dentro da Câmara”, disse o vereador de Guapé (à esquerda), Celso Freitas – Foto: Flávia Bernardo – ALMG

No próximo ano, pela primeira vez, Guapé vai participar, com 30 alunos, do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) edição 2019, promovido pela Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em parceria com câmaras municipais.

“Estamos todos muito entusiasmados com a possibilidade de participar”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Guapé, o vereador Celso Oliveira Freitas (PP). Ao lado do 1º secretário da Câmara, Ernando Soares Neves (PV) e da assistente legislativa Érica Amaral do Nascimento, ele exalta a iniciativa e diz acreditar que a participação no projeto será muito positiva para os jovens estudantes de Guapé.

“Nossa cidade tem 14 comunidades e 3.300 quilômetros de estrada de terra”, diz ele, demonstrando que as dificuldades do município constituem um desafio para que os jovens reflitam e discutam politicamente formas de melhorar as condições de vida da população. “Queremos levar os jovens para dentro da Câmara”, afirma Celso, com a concordância de Ernando e Érica.

Os três recordam que em 2018 tentaram participar do projeto, mas perderam o prazo de inscrição. Para 2019, mais atentos, garantiram a vaga.

Projeto – O PJ Minas tem o objetivo de estimular a formação política e cidadã de estudantes dos ensinos médio e superior. (Com informações da Ascom da ALMG)

COMPARTILHAR

Comentários