A Polícia Civil deflagra na manhã desta terça-feira, a Operação “Faroeste”, cumprindo 17 mandados de buscas e apreensões e prisões, em Três Pontas, Varginha, Boa Esperança e Nova Resende. A operação que tem apoio do helicóptero Carcará da Polícia Civil, visa desarticular uma quadrilha especializada em furtos e assaltos em propriedades rurais na região de Três Pontas, como Santana da Vargem, Nepomuceno, Coqueiral, Boa Esperança, Ilicínea, Campos Gerais, Carmo da Cachoeira, Varginha e Nepomuceno.

Em Três Pontas foram cinco mandados de prisão, cumpridos no Centro (1 – rapaz de 26 anos) e nos bairros Santana (1 – 26 anos), Aristides Vieira (2 rapazes de 20 e de 31 anos), Vila Marilena (1 – rapaz de 29 anos).

Tem mais mandados em Nova Resende (um homem de 40 anos), em Varginha (1 homem de 38 anos, dois de 47 anos e uma mulher de 32 anos) e em Boa Esperança (2 homens de 28 anos).

Somente na zona rural de Três Pontas, de janeiro a agosto de 2020, a quadrilha praticou dois assaltos e quatro furtos. Os criminosos ameaçam trabalhadores rurais, sitiantes e fazendeiros de morte, utilizando armas de fogo, fazem elas reféns e até efetuam disparos para intimidar. Isto tem trazido intranquilidade, medo e pânico, aos moradores da zona rural.

Os alvos são tratores e implementos agrícolas, veículos de passeio, cafés em grãos, seja beneficiado ou em coco, inseticidas, herbicidas e fungicidas utilizados em propriedades rurais. Os criminosos provocam um enorme prejuízo financeiro aos produtores rurais. Eles também praticam a lavagem de dinheiro com a ocultação do patrimônio levado das propriedades.

Os presos tem entre 26 e 48 anos, incluindo uma mulher apontada como no inquérito como olheira de 32 anos.

Todos os alvos da operação estão sendo trazidos para a Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas.

O delegado Dr. Gustavo Gomes irá conceder entrevista daqui a pouco dando detalhes das investigações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here