*A Polícia acredita que são os mesmos que estão atuando nos bairros Califórnia 1 e 2. Segundo o secretário de Esportes, os prejuízos com os furtos no TAC chegam a R$30 mil 

A Polícia Civil flagrou no fim da manhã desta segunda-feira (26), pelo menos cinco rapazes, no alto do bairro Jardim das Esmeraldas, e exatamente no momento em que estavam queimando fios de cobre que estão sendo furtados do Estádio Municipal Ítalo Tomagnini, no Centro, bem como fiações de construções dos bairros California 1 e 2, em Três Pontas.

O inspetor da Polícia Civil Gustavo Domingos, explica que está sendo registrado uma onda de furtos nestes locais. No Campo do TAC foi o quinto furto em menos de um mês e 16 nos bairros Califórnia 1 e 2. Proprietário que estão com obras em execução nos novos bairros estão a meses arcando com prejuízos enormes.

Na madrugada desta Segunda-feira (26) foram furtados aproximadamente 200 metros de fios de cobre , adquiridos através de processo licitatório em 2017, causando um prejuízo de R$84,6 mil reais ao município de Três Pontas. Ao levantar informações, os policiais civis foram até o Jardim das Esmeraldas, perceberam uma fumaça saindo do alto do bairro em meio ao matagal.

Chegando no local, cinco rapazes que estavam com um carrinho de mão, instrumento utilizado para carregar os fios, sairam correndo em direção a um matagal, mas foram de pronto identificados, todos já conhecidos no meio policial. Eles estavam queimando a borracha que envolve os fios para pegar somente o cobre e certamente revenderem para estabelecimentos comerciais que trabalham com este tipo de produto. O prejuízo total do Município segundo informou o secretário de Esportes João Batista Rabello, aproxima-se de R$30 mil, isso devido o furto de 1,5 mil metros de fios.

De acordo com Gustavo Domingos, a Polícia Civil vai atuar para prender os indivíduos que estão realizando os furtos e também os receptadores destes materiais. “As pessoas que compram são as que fomentam este tipo de crime e incentivam os ladrões a cometerem outras vezes, muitas vezes para sustentarem o vício de usuários de drogas”, disse o inspetor. Eles normalmente levam o material para serem queimados em locais ermos ou até na zona rural a fim de não serem vistos, uma vez que a fumaça chama muito a atenção. O Inspetor de Polícia manda um recado “eles podem até escapar do flagrante hoje, mas todos serão responsabilizados”.

Ainda de acordo com Gustavo Domingos, a Polícia Militar tem atuado constantemente nos bairros Califórnia, mas é necessário ter informações das pessoas que estão diariamente trabalhando nestes locais. Como a Polícia trabalha com informações, necessário se faz que a população fique sempre alerta com veículos e pessoas que estão passando com certa frequência nestes bairros, uma vez que os criminosos sempre fazem um levantamento prévio durante o dia, para somente depois, na calada da noite cometerem os furtos.

Segundo o investigador Sérgio Máximo, as investigações para apurar esta onda de furtos nestes bairros, que contém uma vasta extensão, iniciaram há 15 dias, porém, como lá ainda não há moradores, não existe nenhum sistema de câmeras que poderia ajudar nas investigações. Mesmo assim, o trabalho está sendo feito e a partir deste flagrante da queima dos fios pertencentes ao “Campo do TAC”, as investigações avançarão. Nos bairros mencionados acima, os meliantes estavam não só levando toda a fiação, mas também os padrões de luz e todos os equipamentos da rede elétrica dos imóveis que estão no início das obras. Ele orienta as pessoas a fazerem denúncias na Delegacia de Polícia Civil, podendo ser informais e anônimas, o que será mantido total sigilo. Todas elas são checadas e cruzadas com os levantamentos dos investigadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here