Zé Vitor, Marcos e o veiculo recuperado. Fotos: Equipe Positiva

 

A Polícia Civil recuperou na noite desta quarta-feira (17), a caminhonete furtada no bairro Vivendas do Bosque em Três Pontas e prendeu dois jovens que confessaram o crime.

José Vitor Pereira de 20 anos e seu primo Marcos Antônio Batista de 19, aproveitaram a oportunidade que tiveram ao ver a chave do veículo na ignição e fizeram o furto.

Assim que o boletim de ocorrências da Polícia Militar foi registrado, a Polícia Civil começou a investigar o caso. Buscou imagens de câmeras de segurança de residências do bairro e identificou José Vitor, que já tem passagens pela polícia e é conhecido na cidade por Zé Vitinho. Os investigadores foram até a casa dele, no bairro Santa Margarida. Lá encontraram 13 pedras de crack que estavam na cama dele, a camiseta que ele utilizou no dia do crime e o CRLV da caminhonete. Mesmo com as evidências da participação dele, José Vitor negou que havia participado do furto. Contou que teria apenas guardado o documento a pedido de seu primo e que ele teria ido embora com a caminhonete.

A Polícia Civil foi até a residência onde Marcos mora, na Fazenda Gordura, zona rural do Município, mas não o encontraram. Souberam porém, que após o crime, Marcos e José Vitor foram até a propriedade no veículo permaneceram por lá um tempo e depois voltaram para a cidade. O tio do jovem, o trabalhador rural Donizete dos Santos Silva (foto), contou à Equipe Positiva que ele dá trabalho desde quando era menor de idade, que Marcos é usuário de drogas e não conversa com ninguém em casa, entra e sai sem dizer nada. Por isto, nem perguntaram onde haviam conseguido o veículo.

As equipes voltaram à cidade e já a noite, passaram a procurar em locais onde Marcos poderia estar. Eles foram aos bairros Santa Edwirges, Sâo Judas Tadeu e Jardim das Esmeraldas, mas ninguém dava notícias de Marcos. Depois de intensas buscas, Marcos Antônio Batista foi encontrado na casa da avó, na Rua Ceará.  Ele não esperava a chegada dos policiais, foi surpreendido e não teve como reagir.

Admitiu que havia furtado o veículo, junto com Zé Vitinho e que os dois haviam o escondido em um cafezal, próximo a quadra de tênis que fica as margens da rodovia MG 167, na saída para Santana da Vargem.

Os policiais foram até o local e, no meio do cafezal na Fimibri encontraram a caminhonete. Ela estava ‘depenada’, sem as rodas e o step e com o painel bastante danificado. Marcos contou que havia espalhado os pneus pelo cafezal. No meio daquela escuridão, a equipe conseguiu encontrar um a um. O serviço de guincho foi acionado e a caminhonete foi removida ao pátio credenciado do Detran-MG.

Zé Vitinho disse que a droga encontrada na sua casa seria para seu consumo, mas ele já é alvo de investigações da Polícia Civil no tráfico de drogas. Os dois foram presos, levados à Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas, para o registro do boletim de ocorrências e depois encaminhados a Central de Flagrantes da Delegacia Regional em Varginha.

Veiculo estava no meio do cafezal na zona rural
Pneus foram arrancados e estavam espalhados no meio do cafezal

ASSISTA A REPORTAGEM

COMPARTILHAR

Comentários