A Polícia Civil conseguiu recuperar durante a tarde desta segunda-feira (27), uma motocicleta furtada no bairro São Judas, depois de uma grande história complicada.

A história começou com um lavrador do Distrito do Quilombo Nossa Senhora do Rosário, que emprestou a moto para um amigo de trabalho vir na cidade comprar um remédio para o filho. No caminho ele deu carona a um outro rapaz, mas quando chegou na cidade e passar pela Rua José Caxambu no bairro Aristides Vieira, o veículo foi parado pela Polícia Militar. Como o condutor não tinha carteira de habilitação, o veículo seria apreendido.

Uma mulher que passava na rua ligou para um sobrinho, dizendo que a polícia estaria apreendendo a moto de um trabalhador, que estava com a roupa toda suja e inclusive estava chorando. Este rapaz que recebeu a ligação, na tentativa de ajudar, retirou a moto apresentando sua CNH. Ele ficou com a moto e levou para casa  para passar a noite lá.

Acontece que o rapaz que havia pegado carona, lá no Quilombo, foi duas vezes até a casa deste que havia ficado com a motocicleta dizendo que iria pegar a motocicleta, alegando que era sua, mas não conseguiu pegá-la. No dia seguinte, ele voltou exigindo o veículo. O que estava de posse da moto colocou-a na rua e o veículo desapareceu.

O rapaz onde a moto estava foi tirar satisfação com aquele que estaria pedindo a motocicleta, porém, ele disse que não tinha pego o veículo. Ele procurou a Polícia Militar, que fez contato com o suspeito que havia exigido pegar a motocicleta, mas ele negou.

O dono procurou a Polícia Civil, registrou um boletim de ocorrências. A equipe de investigadores iniciaram as investigação, descobriram que o veículo havia sido visto nas imediações dos bairros Morada Nova e São Judas Tadeu. Depois, que ela teria sido passada a um rapaz bastante conhecido no meio policial.

Os policiais foram até a residência do suspeito, que primeiramente negou que havia adquirido a moto produto de furto. Depois, disse que lhe foi oferecida à compra, porém, ele não quis. Um tempo depois, diante do trabalho intenso realizado pelos investigadores da Polícia Civil, o veículo foi abandonado entre os bairros Morada Nova e São Judas.

A moto foi apreendida para ser restituida ao trabalhador que ficou satisfeito ao saber que ele terá seu patrimônio de volta. As investigações continuam para identificar e prender o suspeito do furto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here