Três trabalhadores da construção civil, sendo dois eletricistas e um pedreiro vão poder voltar a trabalhar, graças ao empenho de toda a equipe da Polícia Civil de Três Pontas. É que uma casa que está em construção, foi alvo de bandidos há duas semanas e desde então, deixou os profissionais sem condições de trabalharem.

A casa que o contador Cassiano Lemos Goularte está terminando de construir no bairro Jardim das Acácias foi invadida. Usaram uma escada no muro e por lá fizeram a limpa na obra, deixando as marcas na parede do lado de fora. Levaram tudo o que podiam – duas parafusadeiras, esmerilhadeira, talhadeira, máquina que faz cortes em gesso, equipamento de medir energia elétrica, serras, decaptador, prensa terminal, carregador de baterias, diversos tipos de alicates, martelos e várias chaves.

No dia seguinte, quando os trabalhadores chegaram para trabalhar descobriram o furto. Cassiano Goularte foi na Polícia Militar, registrou o boletim de ocorrências e depois procurou a Polícia Civil.

De acordo com o inspetor da instituição Gustavo Domingos, a Polícia Civil começou a investigar o caso e mais uma vez contou com a colaboração da população, que fez denúncias importantes que apontaram que essa grande quantidade de materiais, estava enterrada em um terreno que fica na entrada do bairro Jardim das Esmeraldas.

Ao cavar o local, foram encontrados os materiais. Cassiano Goularte foi na Delegacia de Polícia, onde foi feita a restituição.

O eletricista Igor da Silva Pio disse que ficou as duas semanas sem poder trabalhar, porque todos seus instrumentos de trabalho haviam sido levados. Ele não sabia o que iria fazer, já que tudo custa muito caro e foram meses de trabalho para conseguir comprar o que precisam para atender seus clientes. O investimento foi entre R$8 mil e R$10 mil.

Apesar de saber que ninguém está livre deste tipo de crime, o contador revelou que estava chateado pelo que aconteceu no seu imóvel. Ele terminou agradecendo o empenho da equipe de investigadores, que lhe deram total atenção.

A PC segue as investigações para tentar identificar quem cometeu o furto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here