Membros do Comite de Enfrentamento

 

O Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus, da Secretaria Municipal de Saúde de Três Pontas, está se reunindo diariamente e são seus membros, coordenadores da atenção primária e epidemiologia, os responsáveis, entre tantas ações neste momento de crise, a divulgar as iniciativas que estão sendo adotadas para evitar o contágio do vírus.

A secretária municipal de Saúde Teresa Cristina Rabelo Corrêa afirmou em entrevista durante a manhã desta sexta-feira (20), que a pasta não está omitindo nenhuma informação. O município se manteve de acordo com boletim epidemiológico divulgado no fim da tarde, com três casos suspeitos sendo investigados na cidade, aguardando resultado dos exames.

Mutirão de recadastramento cancelado 

O mutirão de recadastramento que seria realizado neste sábado (21), em todas as unidades básicas de saúde foi cancelado. De acordo com a coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Débora Helena Ribeiro, apesar do município depender do cadastro para  garantir os recursos, a prioridade agora é tratar das medidas de prevenção para evitar o Coronavírus e aglomerar os moradores nos postos seria ir contra as indicações feitas pela secretaria. “Agora a ordem é isolamento social. As pessoas devem procurar a área de saúde em caso de extrema urgência. Consultas de rotina, de acompanhamento, de puericultura das crianças, atendimentos de bolsa família, estão todos suspensos. O recadastramento por enquanto está suspenso.

Secretaria de Saúde e PSF’s

Todas as unidades básicas de saúde a partir desta segunda-feira (23), vão estar abertas das 7:00 da manhã as 13 horas para atendimento em geral dos usuários. Das 13:00 as 17:00 horas, irão funcionar apenas as salas de vacinação porque vai iniciar a Campanha de Vacinação contra Influenza, a gripe. A medida de restringir os horários é justamente para evitar o contato entre os pacientes e também a aglomeração de pessoas. “A gente pede que quem for se vacinar, procure os postos apenas após a uma da tarde”, solicitou a coordenadora.

A Secretaria de Saúde também vai estar funcionando somente das 7:00 as 15:00 horas, com rodízio de funcionários, então para evitar aglomeração e contato tanto do profissional para não ficar tão exposto, no contato com a população.

No Programa Saúde da Família (PSF), que vai funcionar a partir desta segunda-feira, de 7:00 as 13:00 horas, os agentes comunitários de saúde que trabalham e fazem visitas domiciliares, eles não entrarão mais nas residências. Eles continuarão com as visitas, mas vai conversar e orientar os usuários na porta de casa, inclusive sobre o Coronavírus. “Eles tem um papel importante neste momento, porque conhecem e podem identificar os casos suspeitos do vírus”, disse Débora. Ele deixa claro que o serviço não pode ser suspenso, porque os idosos já estão isolados em casa e não há outro profissional para orientá-los.

O médico veterinário do Serviço de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde e secretário de Meio Ambiente, Marcelo de Figueiredo Gomes, também divulgou que os agentes de endemias vão trabalhar com carga horária reduzida, diminuindo ao máximo a exposição dos trabalhadores e dos cidadãos. Depois de pesar os custos e benefícios, o Comitê de Enfrentamento entendeu que para o momento, o trabalho dos agentes de endemias, vão passar a ser de 7:30 às 13:00 horas e as visitas domiciliares serão na parte exterior. “Vamos continuar conversando, com as pessoas e fazer com que eles entendam que a responsabilidade de cuidar da sua residência continua sendo deles. A gente é mais um elemento para poder ajudar, na contenção da Dengue. Felizmente este ano nós tempos poucos casos suspeitos aqui no Município e as ações de combate à Dengue, serão mantidas com todas as vistorias em pontos estratégicos, ou seja, aqueles que tem mais probabilidade de ter criatórios do mosquito. Todos os casos, surgiram ou surgirem, nós também vamos manter os fumacês operando normalmente. Mas  no caso das visitas domiciliares nós vamos mudar essa forma de trabalho em função do momento que a gente vive”, justificou Marcelo Figueiredo.

Excursões para compras e turismo 

A Secretaria Municipal de Saúde fez uma reunião junto com a Polícia Militar e ficou decidido até segunda ordem, que até o dia 10 de julho está estritamente proibida excursões para fora de Três Pontas, inclusive. Inclusive a linha que vai para o Distrito do Córrego do Ouro, foi solicitado a sua suspensão por tempo indeterminado.

Três Pontas tem no seu quadro epidemiológico, até na manhã deste sábado (21), três casos suspeitos sendo investigados e novas decisões podem ser tomadas a qualquer momento, com a mudança deste quadro. Neste momento, o que a secretária de Saúde Teresa Cristina juntamente com a Comissão de Enfrentamento entendem é que o mais viável é proteger a população com as medidas preventivas.

Ela revela que não está tranquila e nem histérica e afirma, “o vírus é novo, ele pode estar com três casos suspeitos, amanhã eu acordar com vários confirmados. O que a população precisa entender é que os pacientes que estão com suspeitas, estão em isolamento domiciliar, nós temos que preocupar com os casos que estão circulando e que não chegam na Secretaria Municipal de Saúde”, esclarece. Teresa reforça o pedido que a população mantenha-se em isolamento social, principalmente as pessoas de maior risco, diabéticos, crianças, os idosos, pois se o vírus não circular, não haverá problemas com a pandemia. Quem tem que ficar na rua, são as polícias, bombeiros, profissionais de saúde e jornalistas. As pessoas precisam se sacrificar e evitar bares, festas domiciliares, comemorações de empresas, encontros de igrejas, grupos de amigos, academia, praças, entre outros locais.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here