O 2º Encontro de Gaioleiros e Jipeiros de Três Pontas realizado entre 17 e 18 de novembro, trouxe movimento para a cidade. Muita gente aportou por aqui para curtir a adrenalina na pista de motocross, localizada na região dos Quatis. Foi um momento de fortalecer as amizades, fazer novos amigos, fazer um rolé pelas trilhas com segurança e curtir a natureza.

Uma ação que não tenha ficado tão visível durante todas as atividades, mas que é essencial para o grupo que organiza o evento, é a ação solidária proposta todos os anos. A renda do encontro é destinada a uma instituição filantrópica. Em 2018, a escolhida foi novamente a Vila São Vicente de Paulo, que cuida atualmente de 60 idosos. Ela tem uma demanda infinita de recursos, além da contribuição pública, para manter as portas abertas.

Na quinta-feira (22), representantes da Loja Maçônica Fraternidade e União (foto), estiveram na Vila para entregar R$650,00, uma porcentagem das vendas da Praça de Alimentação do Encontro.

Na tarde desta segunda-feira (26), presidente e vice do grupo de Gaioleiros, Henrique Rodrigues Corrêa e Agnaldo Dionísio foram a doação de 310 pacotes de fraldas geriátricas. Eles foram adquiridos com a renda do evento. Henrique reforça que o grupo pensa em divertir, mas também em ajudar o próximo. Agnaldo ressalta que o feito junto ao grupo foi excepcional, eles e os convidados ajudaram e o ano que vem, ainda em data a ser definida, ele convida a todos para os conhecerem, prestigiarem e fazer novamente esta ação que os enchem de orgulho e satisfação.

Com a dispensa abastecida, a doação vai gerar economia, já que são gastos diariamente 200 fraldas com os idosos. “É um sacrifício todos os meses para fecharmos as contas diante de tamanho os gastos que temos. Mas graças a iniciativas como estas que conseguimos manter a Vila”, registra o presidente voluntário da instituição, José Rodrigo Ferreira.

Outra doação

O Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Três Pontas (Iprev), realiza todos os anos na cidade, o Encontro de Regimes Próprios de Previdência Social e arrecada recursos para instituições da cidade. Como em 2016, a beneficiada este ano foi a Vila Vicentina São Vicente de Paula. O Iprev manda confeccionar camisetas que são vendidas aos participantes por R$10. Segundo o chefe do Núcleo de Administração e Finanças do Instituto, Geraldo Gabriel de Azevedo, “Gegê”, com o dinheiro, são adquiridas fraldas geriátricas para os idosos atendidos na Vila. Com R$2 mil arrecadados foi possível adquirir 166 pacotes de fraldas.

Alessandra Sudério da Ultrapopular, o diretor financeiro da Vila Walter Lúcio, o presidente José Rodrigo e o presidente do Iprev Luciano Diniz

Prestando contas

A Vila Vicentina começou a distribuir neste fim de semana, um informativo com o balanço das ações do primeiro semestre deste ano. No jornal é possível acompanhar informações importantes sobre a instituição, balanço financeiro e detalhes da obra que adéqua o imóvel de acordo com exigências de segurança do Corpo de Bombeiros. O informativo está sendo distribuído em alguns pontos da cidade.

Natal dos Idosos

A Vila Vicentina está a procura de pessoas que possam escrever uma cartinha com os pedidos dos idosos ao Papai Noel. Todos eles ainda sonham e pedem presentes bastante simples e esperam muito por uma visita. Os escritores já começaram a comparecer e a colocar os pedidos no papel. Se você pode ser um Papai Noel para eles, vá até a Vila Vicentina.

 

COMPARTILHAR

Comentários