A Administração Municipal sofreu uma grande derrota na justiça para o Partido Democrático Trabalhista (PDT), em uma ação sobre a exigência do diploma de ensino superior para as pessoas que ocupam o cargo de secretário municipal.

O partido conseguiu uma liminar determinando que só podem ocupar os cargos, aqueles que forem formados na área que ocupam. A lei havia sido aprovada no final do ano passado. No início deste mandato, a Administração conseguiu postergar a colocação da lei em vigor para 2020 e o assunto dividiu opiniões. O PDT entrou na justiça em segunda instância e o resultado do pedido saiu nesta quarta-feira (26).

Com isso, o prefeito Dr. Luiz Roberto Laurindo Dias (PSD), terá que demitir todos os seus secretários que não possuem curso superior específico da área que ocupam. A ação desestabiliza a Administração, já que os cargos de segundo escalão, uma válvula de escape que poderia ser usada já estão ocupados.

Aguarde a reportagem completa

COMPARTILHAR

Comentários