O Hospital São Francisco de Assis em Três Pontas, suspendeu todas as cirurgias eletivas marcadas a partir desta sexta-feira (25). A suspensão é até que seja restabelecido o fornecimento de medicamentos e materiais hospitalares. A decisão foi tomada em consenso e visa garantir segurança para os pacientes atendidos, em uma reunião realizada nesta quinta-feira com a Provedoria, diretores da Santa Casa e do Pronto Atendimento Municipal. O Hospital garante que esta diminuição de atendimento não configura paralisação hospitalar. Os atendimentos de urgência e emergência serão realizados dentro das possibilidades.

A greve dos caminhoneiros, iniciada na segunda-feira (21), está afetando a entrega de medicamentos e insumos na Santa Casa. Mesmo com o acordo anunciado pelo governo federal e algumas entidades de liderança do setor, os caminhoneiros decidiram manter a paralisação, que já entra no 5º dia no Sul de Minas. Com isso, a região tem pelo menos 31 pontos de protesto.

O hospital faz uma média de 30 cirurgias eletivas semanais previamente agendadas todas as terças e quintas-feiras. Se a situação não for resolvida até a próxima terça-feira, nenhum novo paciente será recebido, além do que já estão internados.

A decisão está sendo encaminhada às secretarias municipais de Três Pontas e das cidades que fazem parte da microrregião, além da Gerência Regional de Saúde (GRS), Promotoria de Justiça e aos veículos de comunicação.

COMPARTILHAR

Comentários