*Preocupação foi os furtos a residência e ataque a caixas eletrônicos

Sem Carnaval em Três Pontas este ano, a Polícia Militar dispensou o reforço que receberia em seu efetivo vindo das cidades de Varginha e Lavras e empenhou todos os militares da 151ª Companhia de Polícia Militar para trabalhar neste período carnavalesco. O resultado é que não houve nenhuma ocorrência de destaque, apenas fatos corriqueiros do dia a dia, que não fugiram do controle da segurança pública. A PM acompanhou a apresentação do bloco “Ai Se Eu Te Pego” no sábado (10) e do grupo de Dança Ritmos na terça-feira (13), que não teve nenhum tipo de problema, assim, como alguns blocos que comemoraram em determinados bairros.

De acordo com o Comandante Capitão Bruno Neves Tavares (foto), a cidade ficou vazia, tendo em vista que muitos procuraram outras localidades, impactando diretamente no público de cidades, como Boa Esperança.

Com residências sem moradores, os militares fizeram um trabalho específico de proteção ao patrimônio evitando os furtos. Além disso, pelo fato de não ter o Carnaval, outras preocupações passaram a ter prioridade, uma delas foi a possibilidade de ataque a caixas eletrônicos.

Ainda de acordo com a polícia, foi registrado um bom número de turistas no Distrito do Pontalete. A maioria veio de Elói Mendes e Paraguaçu e acabou movimento o local que a beira do Lago de Furnas, mesmo ‘sem água’. Não foi como em anos anteriores, quando havia uma programação específica de Carnaval no local e o lago estava cheio, mesmo assim, as visitações chamaram a atenção da Corporação. Um efetivo específico foi destinado todos os dias ao Pontalete, mas também não houve registro de ocorrências.

Movimento no Distrito do Pontalete durante o Carnaval de 2018
COMPARTILHAR

Comentários