Ela é acusada de pedir que testemunhas que alterassem os depoimentos na Delegacia, no caso do incêndio na antiga seda da Secretaria de Meio Ambiente. 

Foto: arquivo pessoal

A Polícia Civil de Três Pontas cumpriu um mandado de busca, apreensão e prisão expedido pela Justiça e prendeu na noite deste sábado (19), a Chefe da Guarda Civil Municipal Leonara Regina Naves. Ela é acusada de pedir às testemunhas que mudassem seus depoimentos, no caso que apura o incêndio provocado na antiga sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, localizada no Parque Vale do Sol. O caso foi registrado pela Polícia Militar na tarde de segunda-feira (14), onde havia um arquivo da Secretaria Municipal de Saúde, que acabou sendo consumido. A polícia investiga as causas do incêndio e, não descarta que entre os documentos queimados haviam provas de irregularidades que estão sendo investigadas na Operação Trem Fantasma. Leonara trabalhava junto do então secretário de Transportes e Obras José Gileno Marinho.

Leonara foi presa no apartamento onde ela mora no bairro Botafogo. Na saída, ela cobriu o rosto e não falou nada aos policiais. Disse que não tem envolvimento com nenhum crime. Em poucos minutos a notícia correu a cidade e algumas pessoas foram até o local. Ela foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas e em seguida conduzida para o Presídio da cidade.

Leonara é funcionária concursada há 12 anos na Guarda Municipal. Em janeiro de 2017 ela ocupava o cargo de agente de trânsito, mas em janeiro deste ano ela assumiu o comando da Guarda Civil Municipal. Em 2014, foi eleita a Guarda mais bonita do Brasil, em um concurso. Foram mais de 200 participantes e a trespontana desbancou as concorrentes de vários estados. A competição aconteceu em duas etapas: na primeira, as candidatas passaram por uma votação popular em uma página do concurso no facebook. O número de votos foi contado de acordo com a quantidade de “curtidas”. Leonara recebeu 2.959 votos e ficou em 7º lugar, entre as dez escolhidas.

A Administração disse que não irá se pronunciar sobre a prisão da guarda municipal.

Policiais vasculharam a casa da guarda municipal Leonara Naves 
Viatura na porta da casa de Leonara Naves chamou a atenção dos moradores
COMPARTILHAR

Comentários