As polícias Civil e Militar desencadearam na tarde desta segunda-feira (07), mais uma operação contra o tráfico de drogas, no bairro Aristides Vieira, em Três Pontas.

A Polícia Civil já investigava a residência, que fica na Rua Sebastião Xavier de Brito, inclusive monitorou o grande movimento de usuários que durante todo o dia e a noite iam até o local comprar entorpecente. As vendas eram feitas por Maurílio Augusto Vieira de 25 anos, e sua mãe, Suely Aparecida Vieira de 41, colaborava com a ação.

Juntado as informações que o Serviço de Inteligência da Polícia Militar já possuía, foi solicitado à Justiça um mandado de busca e apreensão. Foram encontrados 15 pedras de crack embaladas para a venda e R$27 em dinheiro, que estavam no bolso de uma blusa que pertence a Maurílio.

A Polícia Civil afirma que apesar do volume apreendido, foi configurado o tráfico. “Independente da quantidade comercializada é crime e para a Polícia Civil o volume não importa. Sabemos quem são os usuários que frequentavam o ponto e todos serão chamados a prestar depoimento na Delegacia de Polícia Civil”, detalhou o inspetor Gustavo Domingos.

O sargento da Polícia Militar Rogério Rosestolato Júnior afirma que eles já são conhecidos no meio policial, inclusive são constantemente abordados. Os levantamentos apontam o envolvimento de mãe e filho no tráfico de drogas. “Já são várias ocorrências que temos tido sucesso, com a junção de esforços e atuação da Polícia Militar e Civil”, comemora o militar.

Ambos foram presos em flagrante e encaminhados ao presídio de Três Pontas, onde permaneceram a disposição da Justiça.

COMPARTILHAR

Comentários