Um trabalhador rural ficou assustado ao encontrar no fim da manhã desta quarta-feira (15), o corpo de um aposentado no bairro Século.

Varlei Reis Figueiredo de 73 anos estava desaparecido desde o dia 04 de março. Ele estava fazendo tratamento psiquiátrico e seus familiares fizeram uma grande campanha nas redes sociais, que chegou até emissoras de TV’s regionais. Várias informações foram dadas sobre o paradeiro de Varlei, inclusive de que ele estaria em outras cidades da região, mas o drama só terminou nesta quarta-feira.

O corpo estava em estado avançado de decomposição, caído em um pequeno córrego, bem próximo ao Centro de Convivência do Idoso, onde o trabalhador estava roçando o mato que estava bastante alto, quando sentiu um odor forte e ao procurar o que seria, encontrou o corpo em estado avançado de decomposição.

A suspeita é que Varley deve ter chegado até a mata pelo bairro Cidade Jardim, onde ele acostumava andar e foi visto no sábado pela última vez. Ele também frequentava o Centro do Idoso. Familiares foram até o local e tiveram dificuldades para reconhecerem o corpo. Varley vestia a mesma camiseta vermelha de quando desapareceu.

Familiares foram até o local reconhecer o corpo do aposentado

A Polícia Militar acionou a Perícia da Polícia Civil, que vai identificar a causa da morte do aposentado.

O corpo foi removido pela Organização de Luto Cônego Victor para o Instituto Médico Legal (IML) de Varginha e em seguida será liberado para o Velório.

Segundo o irmão da vítima, Wolney Reis Figueiredo, apesar da triste notícia a família se sente aliviada depois de 12 dias de procura. A gente foi a muitos lugares e muita gente nos informou que tinha visto ele. Fomos em Varginha e depois recebemos notícias de seu paradeiro até em Caxambu. “Tínhamos a esperança de encontrá-lo vivo”, declarou Wolney.

COMPARTILHAR

Comentários