Roubo foi por volta das 16:30 bem no centro da Cidade

Uma empregada doméstica de 49 anos só tem motivos para agradecer o empenho dos policiais militares que atenderam a ocorrência, em que ela acabou sendo vítima de um adolescente de 17 anos, na tarde desta segunda-feira (13).

Ainda muito assustada com o acontecido, ela contou que saia do emprego, passou pela igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda onde sempre aproveita para fazer suas orações, fez algumas compras e voltava para casa. Depois de subir a Rua Afonso Pena e pegar a Rua Sete de Setembro, ela foi surpreendida por um menor que apontou a faca em direção ao seu peito e exigiu que ela entregasse a bolsa. A moça gritou mas não se hesitou e obedeceu. O ladrão saiu correndo em direção ao centro da Cidade.

Um rapaz que passava em uma Fiorino acompanhou a ação e seguiu os passos do adolescente. Enquanto isto, a Polícia Militar foi chamada e as viaturas iniciaram imediatamente as buscas. Os militares viram o suspeito correndo na Rua Álvares Cabral em direção ao bairro Botafogo. Quando ele percebeu a PM, tentou despistar, diminuiu a correria, foi abordado e não deu outra.

Na mochila que eles carregavam estava a bolsa da empregada doméstica, com celular, documentos, cartão de crédito, uma quantia em dinheiro e a faca usada.

Bolsa com o material furtado foi recuperada
Bolsa com o material furtado foi recuperada

Depois de ser reconhecido pela testemunha e pela vítima, o menor foi apreendido em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil. Lá, ele ficou apreendido, será encaminhado para o Presídio de Varginha ficando a disposição da justiça.

O adolescente que não tem passagens pela polícia completa 18 anos no próximo sábado (18).

COMPARTILHAR

Comentários