Várias medidas estão sendo adotadas para impedir que o aumento salarial aprovado pela Câmara Municipal de Três Pontas na última segunda-feira (24), seja efetivado. Os manifestos iniciaram nas redes sociais e estão ganhando ruas. Eles adotaram as maneiras legais e formais para, além de impedir o aumento, diminuir o atual vencimento dos vereadores e também o número de cadeiras no Legislativo, dos atuais 15 para 10.

A divulgação para a manifestação nesta segunda-feira (31), em frente a Câmara Municipal durante a sessão ordinária, as 18:30, está cada vez maior. Neste encontro que eles terão com os vereadores, eles já devem demonstrar a insatisfação da população com o Projeto de Lei 036, que aumentou para o próximo mandato (2017/2020), os subsídios de prefeito, vice, secretário e vereadores, levando assinaturas que estão sendo recolhidas para um abaixo assinado.

Os salários serão de R$17 mil ao prefeito, R$8,5 mil para o vice, R$5.250,00 aos secretários e R$5.450,00 para cada um dos 15 vereadores.

Desde as 9 horas da manhã, um grupo formado a maioria por jovens, estão na Praça Cônego Victor, onde permanecerão até a noite em um ponto de coleta, de acordo com os organizadores Marcel Henrique e Marcos Scatolino e Beat Nica. É preciso para assinar o documento os números da Carteira de Identidade e do Título de Eleitor.

Está sendo também anunciado uma carreata com saída prevista para as 18:00 horas da Avenida Prefeito Nilson José Vilela, com destino a sede do Poder Legislativo.

Para acessar a página do evento no facebook #NÃOVAIAUMENTAR

COMPARTILHAR

Comentários