Após cinco dias fechados, a direção da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, anuncia em uma entrevista coletiva à imprensa na tarde desta segunda-feira (16), a reabertura da Maternidade Nossa Senhora de Fátima e do setor de Pediatria, a partir desta terça-feira (17).

De acordo com o provedor da Santa Casa Michel Renan Simão Castro, o Hospital conseguiu levantar R$1,1 milhão de recursos para quitar grande parte dos salários atrasados do profissionais médicos – sendo R$500 mil da Prefeitura para pagar o extrapolamento feito pelo Município, R$430 mil repassados pelo Estado de Minas Gerais referente ao Rede Resposta e 50% do Pró Hosp, R$100 mil de emenda parlamentar, R$100 mil de antecipação da devolução anual da Câmara Municipal de Vereadores e R$60 mil de contribuição da Prefeitura de Santana da Vargem que havia sido foi acordado com os municípios que fazem parte da microrregião.

Michel deixou claro que todos estes recursos só foram disponibilizados a partir de sexta-feira, quando os dois setores já estão fechados. O dinheiro será destinado exclusivamente ao pagamento dos salários dos médicos. O atraso está completando sete meses. Serão quitados dois terços da folha do mês de abril e os meses de maio e junho. Com isto, de acordo com o diretor técnico da Santa Casa, Dr. Geovanni Barros Pereira a escala de plantão volta a ficar normalizada.

O prefeito Marcelo Chaves Garcia (MDB) explicou que o repasse só está sendo possível graças a emendas parlamentares que o Município recebeu para investir na saúde e está repassando à Santa Casa, diante da situação financeira que a instituição enfrenta, por causa da falta de recursos do Estado que não estão sendo pagos.

VEJA O VÍDEO COM A ENTREVISTA NA INTEGRA

COMPARTILHAR

Comentários