Uma égua agonizou até a morte no bairro Philadelfia. O caso aconteceu no domingo (09), quando o animal foi possivelmente abandonado pelo dono. Aparentemente doente e bastante debilitado, o animal bastante magro, de aparentemente 7 anos, com cerca de 30% a menos do peso ideal para a idade, recebeu o carinho e os cuidados dos moradores que sensibilizaram com o caso.Cavalo 3

Os moradores tentaram ajuda com a Prefeitura. Foram até o Almoxarifado Municipal e um funcionário teria questionado se o animal já havia morrido. O servidor disse que somente se a égua morresse é que a máquina iria até o local para buscá-la. Um menino chamado Pedro e Larissa Castro que comercializa animais permaneceram durante todo o tempo cuidando da égua. Algumas pessoas que souberam do caso através das redes sociais, ajudaram com medicamentos que foram aplicados a fim de salvar a vida dela.

Porém, depois de quase dois dias, muita fraca, bastante debilitada ela teve que ser sacrificada. A morte da égua foi um drama para quem mora nas proximidades e causou revolta. O caso foi parar na imprensa regional.

Cavalo 1

COMPARTILHAR

Comentários