A direção da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, trouxe de Goiânia (GO), o palestrante Eduardo Mesquita. Ele é psicólogo, pós graduado em especialização em Administração, é professor da Fundação Getúlio Vargas e consultor de empresas. No fim de semana, 198 dos 240 colaboradores participaram de uma palestra com o propósito motivacional. O assunto veio no momento em que a instituição passa por uma série de desafios e transformações que estão acontecendo na Santa Casa.

Eduardo falou de valores, do que faz um profissional ser diferenciado reconhecendo sempre os aspectos pessoais.

Antes de falar com os funcionários, ele visitou o Hospital e elogiou o ambiente que viu, saudável apesar de ser um local onde as pessoas procuram tratamento de saúde. Eduardo disse que a equipe está aquecida pelas mudanças, com boas intenções e propósitos. “Assim fica mais fácil e demonstra que a motivação maior está acontecendo dentro da instituição, mesmo com uma rotina massacrante”.

Para trabalhar a motivação para o profissional crescer dentro da empresa, é preciso saber exatamente qual é o motivo que te faz acordar cedo todos os dias e se esforçar, é porque você se dedica a fazer algo que te faz bem. Ainda mais quando se ajuda outras pessoas e está de acordo com as coisas que você acredita.

Segundo o palestrante, as pessoas precisam trabalhar sempre com metas. Não em todos os aspectos e nem sempre, mas quando a pessoa diz que quer crescer e sair do lugar que está, é preciso ter uma meta e saber onde sequer chegar, se não tudo fica muito vago, não há um propósito e sem ele não tem como fazer a jornada.

Conciliar a vida corrida e atribulada dos dias de hoje, não é motivo para dizer que não há tempo. “A maior mentira que as pessoas dizem é que não tem tempo. Todo mundo tem 24 horas por dia. O que é preciso fazer é trabalhar com prioridades. A partir do momento que você decide que o tempo familiar é a melhor coisa para sua vida, ou estudar, todos são encontrar tempo para tudo”, justifica. Eduardo reforça que em alguns momentos da vida, é preciso abrir mão de uma coisa e priorizar outra, valorizando o tempo que todos tem, para gerar um resultado mais estável e constante na vida pessoal e profissional.

Dinâmicas marcaram a palestra, que terminou bem depois do horário previsto, mas que trouxe um resultado satisfatório a todos. Os relatos foram feitos em seguida e foram sorteados brindes e até uma viagem.

COMPARTILHAR

Comentários