Na manhã desta quarta-feira (07), aconteceu o II Encontro do Projeto Educar + Sarauzinho na Casa da Cultura Alfredo Benassi, em Três Pontas. Desta vez, participaram do evento, alunos do 7º ano da Escola Municipal João de Abreu Salgado. No porão do Cine Clube foi exibido um filme feito com o Historiador Paulo Costa Campos que fala sobre a Casa da Cultura, Praça “do Pirulito” e a Rua Barão da Boa Esperança – importantes pontos do Município.

O encontro faz parte do Projeto Educar que tem como objetivo orientar as crianças, junto às escolas, sobre a importância do patrimônio histórico, artístico e cultural da cidade de Três Pontas.

Um teatro educativo sobre o tema também foi apresentado aos alunos que, em silêncio, prestaram atenção nos gestos e falas dos personagens representados pelo Professor Glauber Reis e sua parceira de cena.

A musicista Lidyanne Brito cantou e conversou com as crianças, contando sobre sua infância e a ligação com a música. No mesmo palco, o Diretor Artístico Pedagógico do Conservatório Municipal de Música Heitor Villa-Lobos, Beto Maciel, foi quem deu melodia à voz de Lidyanne e de alguns alunos que se aventuraram a cantar.

Um lanche acompanhou o desfecho do Sarauzinho feito especialmente para a garotada que no final se juntou para uma foto.

A orientação da criança e adolescente sobre patrimônio histórico, artístico e cultural é de extrema importância para que, no futuro, o passado seja, não só respeitado, mas também conhecido e compartilhado. É esta uma das missões da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo de Três Pontas.

A estreia do Projeto

Já pensando em festejar o Dia das Crianças, a Secretaria colocou o Projeto em prática na quarta-feira, 30 de setembro. O ambiente “Cine Clube” e as curiosidades históricas contadas pelo Historiador Paulo Costa foram disponibilizados para duas turmas do 5° ano da Escola Municipal Antonieta Ferracioli Duarte que lotaram o porão e o quintal da Casa da Cultura.

A Secretária Municipal de Cultura, Lazer e Turismo, Débora Andrade, deu continuidade sobre o assunto patrimônio, levando educação e ensinamentos de responsabilidade para com a preservação desse bem. As crianças interagiram com perguntas e cartazes, demonstrando através de desenhos os patrimônios da Cidade.

Como prevê o projeto, o Sarauzinho também foi atração. Meninos e meninas dançaram, pularam e se divertiram com o Patati e Patatá. A dupla famosa foi representada por alunas do grupo Encenart. Os visitantes também cantaram muito com Lidyanne e Beto Maciel.

Após o café, um grupo recitou o poema “Paraíso”, de José Paulo Paes, que termina assim:

“Se este mundo fosse meu,
eu fazia tantas mudanças
que ele seria um paraíso
de bichos, plantas e crianças”.

COMPARTILHAR

Comentários