A cidade de Três Pontas já está cheia. Os trespontanos já começaram a receber os devotos do Venerável Padre Victor que vem de várias partes do país. A maioria delas registrada na manhã deste domingo (21), de municípios da região.

Na missa das 9 horas que contou com a participação do grupo Arte Cotidiana, grupo de 100 adolescentes e jovens da Paróquia Cristo Redentor, no bairro Catumbi em Três Pontas, que formaram um grande coral.

No oitavo dia da novena preparatória para a festa, Frei José Alamiro destacou durante a homilia a importância da Eleição do dia 05 de outubro. Segundo o religioso, está próximo dos brasileiros elegerem quem vai assumir a responsabilidade e ter o poder de governador, presidente, deputados e senadores. “Eles vão assumir o cargo para lavar os pés do povo, assim como fez Jesus Cristo. Mas, será se é assim que eles pensam? É possível que alguns sim. E são estes que temos que apoiar. Mas a maioria deles fazem sua campanha, financiada pelos poderosos da economia, para depois ficarem a serviço deles e ai dão adeus ao povo que o elegeram. A palavra de Deus diz: ter poder é ter responsabilidade, disse  Frei Alamiro.

Como de praxe, no fim da celebração, as romarias foram sendo registradas. Além de dezenas de moradores que pertence as paróquias Cristo Redentor e Nossa Senhora Aparecida, as cidades de Santana da Vargem, Coqueiral, Boa Esperança, Nepomuceno, Lavras, Carmo da Cachoeira, Varginha, Três Corações, Alfenas, Ribeirão Vermelho, Nazareno, Guapé, Campanha, Itaúna, Guaxupé, Oliveira, Elói Mendes, Paraguaçu, São Gonçalo do Sapucaí, Itumirim, Andradas, Natércia e Luminárias. Um grupo de Paty do Alferes, cidade que fica a 118 km do Rio de Janeiro veio junto com o padre. Da cidade onde viveu Gonzaguinha e nasceu Joaquim Osório Duque Estrada, autor da letra do Hino Nacional Brasileiro, Frei Alamiro já puxou o hino e se formou um enorme coro na Matriz, em demonstração de amor a pátria.

Lavras – Nepomuceno – Três Pontas

Mais de 60 devotos de Lavras e Nepomuceno, que fizeram o trajeto a pé, registraram presença neste domingo
Mais de 60 devotos de Lavras e Nepomuceno, que fizeram o trajeto a pé, registraram presença neste domingo

Na missa das 9 da manhã, que conta com a participação especial das crianças, no coral e na liturgia, um grupo de romeiros se destacou. Uniformizados, com a imagem de Padre Victor no peito, eles se sentaram de frente ao altar para participar da celebração. A maioria de Lavras, outros de Nepomuceno.

Unidos pela fé e devoção, os romeiros percorreram todo o trajeto até a Praça Cônego Victor a pé. De acordo com a fisioterapeuta lavrense Patrícia Marani de 40 anos, cerca de 60 pessoas saíram de Lavras as duas horas da manhã de sábado. Pela estrada de terra, vieram em oração, fizeram algumas paradas para o descanso até se encontrarem com outros devotos de Padre Victor na Fazenda Serra Azul em Nepomuceno, onde eles dormiram. Lá se juntou ao grupo o trabalhador rural Vitor Sérgio Pereira de 38 anos. Ele já visita a cidade há 12 anos, mas desta vez, resolveu vir a pé, junto com seu irmão.

As duas horas deste domingo pegaram novamente estrada e só pararam na igreja Matriz, as 8 da manhã. “Eu venho para agradecer tudo de bom que Padre Victor faz por mim. O chamo de meu xará”, conta Vitor Pereira. Carros e um caminhão deram apoio no trajeto. A romaria é feita desde 2010.

Cerca de 100 adolescentes e jovens animaram a missa deste domingo. Eles pertencem ao grupo Arte Cotidiana da Paróquia Cristo Redentor
Cerca de 100 adolescentes e jovens animaram a missa deste domingo. Eles pertencem ao grupo Arte Cotidiana da Paróquia Cristo Redentor
Frei Alamiro veio de Paty do Alferes no RJ junto com um grupo de pessoas e celebrou missa no oitavo dia da novena de Padre Victor
Frei Alamiro veio de Paty do Alferes, no RJ, junto com um grupo de pessoas e celebrou missa no oitavo dia da novena de Padre Victor
COMPARTILHAR

Comentários