* Em seguida, Praça do bairro São Francisco foi entregue

O prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), preferiu não encher a agenda com eventos e inaugurações no aniversário de Três Pontas. Ao completar 158 anos de emancipação político administrativa, neste dia 03 de julho, a Administração entregou duas obras, uma no social e outra no lazer. O carro chefe da atual gestão, que são as 316 casas populares do Programa Minha Casa Minha Vida, estão em fase de acabamento no Jardim das Esmeraldas e a previsão é de que elas fiquem prontas em setembro. Até lá, as famílias ficarão mesmo ansiosas com a realização do sonho da casa própria.

Os dois eventos foram realizados na tarde desta quinta-feira (02). O primeiro compromisso foi no bairro Vila Marilena, onde a Secretaria de Assistência Social inaugurou a Sala de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O espaço leva o nome do jovem Nijini Rangel Brito, filho de dois servidores da Prefeitura que morreu no começo do ano em um acidente na MG 167 em Três Pontas.

Meninas do balé que tem aulas na Casa da Familia fizeram uma apresentação aos convidados no novo espaço

A sala integra agora a estrutura do Centro de Referência de Assistência Social I, a chamada Casa da Família. Ela foi criada para fortalecer vínculos famílias, incentivo à socialização, convivência comunitária, desenvolvimento cultural, promovendo a inserção e reinserção das pessoas à sociedade. As oficinas que já funcionam no prédio, terão um local mais apropriado e poderão atender a um número ainda maior de usuário que procuram descobrir e trabalhar habilidade, através do artesanato, onde são ensinados fuxico, pintura em vidro e tecido e ponto-cruz. Atividades físicas, aulas de dança, ballet, ginástica aeróbica, envelhecer ativo, estão sendo beneficiados com a construção deste espaço, assim como reuniões e encontros promovidos pela equipe agora terão uma sala própria.

O CRAS I, foi inaugurado em 2004 e atualmente atende a 347 famílias. Quando foi prefeito pela primeira vez, entre 2005/2008, Paulo Luis inaugurou a Sala Vanessa Veloso, que morreu coincidentemente também vitima de acidente.

A construção da Sala e o bom funcionamento do CRAS com diversas atividades, é resultado de um trabalho compartilhado com vários setores da Prefeitura, que exige dedicação daqueles que diariamente garantem a oportunidade de uma troca de experiência, investindo na convivência social, promoção cultura e no fortalecimento do vínculo afetivo das famílias, talvez adormecido pela pressa dos dias que insistem em sucumbir o afeto sempre às pessoas. Em nome da primeira dama e secretária de Assistência Social Maria de Fátima Carvalho Mendonça Rabello, a assessora de Promoção Social Marilena de Siqueira Carneiro, se dirigiu aos convidados com a certeza da fidelidade ao compromisso que foi assumido perante a comunidade trespontana. “Este espaço é dedicado aos moradores da nossa cidade, pilares preponderantes no exercício da função de administrar. Ele estará a disposição para contribuir para que a família volte a ser o elo mais forte de uma nação”, ressaltou Marilena Carneiro.

Um local que trouxe desenvolvimento social para a cidade. Graças a esse projeto, diversas famílias trespontanas conseguem viver com os elos familiares fortes, melhorando a cada ano as condições em que vivem, assim define o Chefe do Executivo, Paulo Luis Rabello (PPS). “Por isso é mais que merecido que esse local receba nosso olhar especial, e assim inauguramos hoje mais uma sala de convivência”, acrescenta.

Nijini-2-editado“MITO” – Amoroso, humilde e simples

Nijini Rangel Brito era o único filho dos servidores municipais Ronne César Brito e Patrícia Vita Costa Brito. Ambos, rodeados de familiares que vestiram camisetas com a foto do jovem, se emocionaram em vários momentos da cerimônia. O casal não escondeu a emoção e choraram o tempo inteiro.

O menino nasceu em 16 de novembro de 1995 em Três Pontas. Cursou a educação infantil na Escola Municipal Solange Mendonça Reis e, aos 7 anos, iniciou o ensino fundamental na Escola Municipal Cônego Vitor.

Já aos 11 anos, sem ainda completar a idade exigida, aceitou a um convite e entrou para o grupo Demolay, o qual estimava muito e sentia-se honrado em fazer parte. Concluiu o ensino médio na Escola Estadual Prefeito Jacy Junqueira Gazola. A contra gosto do pai, que é Atleticano, tornou-se Corinthiano. Humilde, amoroso, extrovertido e simples, são alguns dos adjetivos que seus amigos sempre o deram. Um garoto que orgulhava seus pais e companheiros que o chamavam de Mito. Trabalhava como balconista no estabelecimento do seu tio Regis e sonhava ser engenheiro civil.

Nijini morreu no dia 03 de janeiro, em um acidente automobilístico na rodovia MG 167 entre Três Pontas e Varginha. Ele era passageiro do veículo, um Golf, onde estavam seus pais, Rone e Patrícia, Jéssica Dias e o motorista Lucas de Brito. O carro que eles estavam se chocou contra árvores nas margens da rodovia. Com o impacto da batida, algumas das vítimas foram lançadas para fora do veículo e outras ficaram presas nas ferragens.

Na cerimônia, o casal recebeu uma placa e flores. O Grupo da Ordem Demolay Capítulo Odilon Teodoro Leite também prestou uma homenagem ao jovem que era muito querido entre todos.

Autoridades desceram a placa de mais um espaço que a Casa da Família ganha
Autoridades desceram a placa de mais um espaço que a Casa da Família ganha
Praça é entregue à comunidade

No bairro São Francisco uma praça foi uma das primeiras obras iniciadas pela atual gestão. Apesar de ser um local nobre, o espaço era um terreno baldio, cheio de mato. Pouca gente sabia que ali, já havia, um deveria ter uma Praça que inclusive já tinha um nome – Rita Maria de Jesus.

Com a arquitetura desenvolvida pela Secretaria de Transportes e Obras e a arborização da equipe do Meio Ambiente, o espaço ganhou cores e principalmente o verde das plantas. Se transformou em um espaço de lazer, onde as famílias podem se encontrar para um bom bate papo, as crianças podem desfrutar de brincadeiras com tranquilidade, entre outros benefícios que um local desses pode trazer.

A inauguração foi rápida e apenas o presidente da Câmara Luis Carlos da Silva e o prefeito Paulo Luis falaram. Luisinho agradeceu e parabenizou o esforço da Administração pelas conquistas que mesmo com as dificuldades encontradas no início da gestão estão acontecendo.

Já Paulo Luis detalhou que a sua Administração está alicerçada em três pilares – competência, honestidade e transparência. Por isso a missão é transformar para melhor a vida dos trespontanos. Entre estas melhorias, o gestor citou a limpeza dos terrenos baldios, a recuperação de ruas, praças e canteiros e a instalação de várias academias ao ar livre. Com isto, está sendo possível levar cultura às praças e quadras da periferia. “Mas nem só de praça vive o homem (e a mulher)”, reconheceu. O Chefe do Executivo citou avanços da equipe comandada por ele, na educação e na saúde, como o material didático que está sendo usado pelas crianças da rede municipal, o pagamento do piso salarial aos professores e a inauguração do Posto de Saúde no bairro Alcides Mesquita.

E como a música na Praça tem sido uma constante. Os músicos Lidiane Brito, Beto Maciel e Wander Scalioni encerraram a solenidade com boas canções da MPB.

COMPARTILHAR

Comentários