*Time continua perdendo gols, mas conseguiu vencer a segunda partida seguida na Taça EPTV

O Três Pontas Atlético Clube (TAC), percorreu apenas 16 quilômetros nesta segunda-feira (09), para cumprir o seu compromisso na Taça EPTV de Futsal. O clube trouxe do Ginásio Poliesportivo Cristiano Ribeiro Galvão, em Santana da Vargem, uma vitória por 3 a 2 em cima da cidade de Cristina e a classificação em primeiro do seu grupo.

A partida não foi fácil e o adversário valorizou a vitória que foi suada, mesmo ficando de fora o artilheiro cristinense Ruan que marcou 2 dos 4 gols na estreia contra Perdões. E foi por um descuido. É que a delegação esqueceu os uniformes do atleta e como as camisas são nomeadas ele não podia usar outra. O time é formado por atletas que se destacaram em um campeonato realizado na cidade, que treinam a três meses.

O TAC começou o jogo de novo pouco inspirado para marcar, mas chances teve aos montes. O técnico André Luis da Silva repetiu o time que começou jogando na estreia (Rudinho, Waguinho, Porquinho, Rening e Pedrinho), mas logo colocou em prática seu perfil de valorizar o grupo e as mudanças só terminaram com o apito final da arbitragem.

05
Na saída de bola no começo da partida, na foto Pedrinho e Porquinho

E foram os “visitantes” que abriram o placar com Jhonata aos 15 minutos. A bola ainda resvalou em Leozinho antes de entrar e Rudinho acabou levando o primeiro gol da temporada. E foi o próprio Leozinho quem deixou tudo igual um minuto depois, com uma excelente participação de Rening “o maestro” do time. Com a entrada de Rafinha e Leozinho o time ganhou velocidade, mas não encontrou o toque que precisava para colocar a bola na rede. E o primeiro tempo terminou assim 1 a 1.

Na etapa final, outros jogadores ganharam oportunidade como Somália, André Rabelo e Jarbas. Este último marcou logo aos 5 minutos, uma bomba que pegou Wesley de surpresa. A bola bateu no fundo do gol e voltou. Cristina não deixou se abater e também marcou, desta vez com Max aos 8 minutos e pressionou com chutes de fora da área. O TAC não desanimou, depois de perder mais um tanto de gols, marcou de novo com Jarbas, aos 16 minutos depois de receber a bola em uma cobrança de lateral de Rening. O goleiro de Cristina, Wesley, se adiantou, fez o papel do quinto homem em quadra, não foi o suficiente para mudar o placar de 3 a 2, mas para causar uma tensão enorme nos jogadores do TAC que não desgrudou os olhos do cronômetro. Classificado em primeiro do grupo por conta do saldo de gols, o TAC agora precisa aguardar os jogos de quinta-feira (12), e a divulgação da tabela para saber qual será seu destino na segunda fase. Uma coisa é certa; o time não pode errar tantos gols e o técnico André Luis vai ter que consertar isto nos treinamentos que voltam na quinta-feira (12), no Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves. E enquanto o TAC não pode jogar em casa, por conta da punição do ano passado, Santana da Vargem é a casa de passagem do rubro negro. As arquibancadas do Poliesportivo ficaram cheias porque a fama dos trespontanos é sempre motivo de cobiça e, até aqueles que jogariam a seguir chegaram cedo para prestigiar e não se arrependeram.

Torcedor de Três Pontas foi a Santana da Vargem apoiar o TAC na segunda partida da Taça EPTV da temporada
Torcedor de Três Pontas foi a Santana da Vargem apoiar o TAC na segunda partida da Taça EPTV da temporada
FICHA TÉCNICA – TAC 3 x 2 CRISTINA 
Data: 09/05/2016
Cidade: Santana da Vargem
Local: Ginásio Poliesportivo Cristiano Ribeiro Galvão

TAC – Rudinho, Waguinho, Porquinho, Rening e Pedrinho – técnico André Luis da Silva. Entraram na partida Somália, André Rabelo, Leozinho, Jarbas, Baiano e Rafinha. Não saíram do banco de reservas: Alan, Dener, Ulisses e Helder da Cohab.

CRISTINA – Wesley, Renan, Flávio, José Otávio e João Pedro – técnico Robson Donizeti. Entraram na parida Max, Jhonata e Luiz Augusto. Ficaram no banco de reservas Walison e Diogo.

ARBITRAGEM

1 – Pablo Aguiar

2 – Ivanildo Ximenes

Mesária – Bárbara Martins

Números

Gols: Jhonata aos 15 minutos 1º tempo (Cristina)

Leozinho aos 16 minutos 1º tempo (TAC)

COMPARTILHAR

Comentários