O Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Três Pontas inaugurado em 2006, passa agora a ser uma Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (UAI-TEC), que integra o Programa Minas Digital e representa um passo para expandir o acesso à educação, tecnologia e inovação no Estado. Três Pontas conseguiu com muito esforço a Unidade, reivindicada por dezenas de municípios, que capacita profissionais, por meio de uma rede de polos de educação a distância. A estrutura do UAI-TEC conta com duas salas de Educação a Distância, com capacidade média de 25 alunos em cada uma, conectadas através de um avançado sistema de videoconferência, TVs de LED, além de Lousa Interativa Digital com Sistema Multimídia, duas salas de Informática com acesso aos Laboratórios e Bibliotecas Virtuais e um laboratório físico.

O projeto foi criado para prestar serviços à comunidade e atender as demandas locais por meio de parcerias com outras instituições públicas e também para oferecer cursos de Graduação, Tecnológicos, Extensão Universitária, Pós-Graduação, cursos de idiomas e livres.

02

A cerimônia de inauguração foi realizada na tarde desta terça-feira (29) e reuniu autoridades e representantes da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

A Cidade tem agora a possibilidade de oferecer gratuitamente aos jovens, oportunidades para os cidadãos que buscam o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, e também aos que desejam a qualificação profissional, em busca do primeiro emprego ou aperfeiçoamento para retorno ao mercado de trabalho.

Segundo o secretário Municipal de Educação Érik dos Reis Roberto (PSDB), será preciso uma habilitação do Ministério da Educação, ampliando assim novos horizontes. A conquista foi atribuída ao esforço do coordenador da UAI-TEC Paulo José da Silva Velho, que encampou a luta e o prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), que tem como base da Administração a educação e apesar das dificuldades encontradas disse “sim” ao projeto que é considerado fundamental para a qualificação da mão de obra dos trespontanos. As dificuldades é que o prédio precisou ser adaptado e a situação financeira travou que a mudança acontecesse de forma mais ágil.

07A implantação do CVT no primeiro mandato de Paulo Luis em 2006, justifica pelos números apresentados por Paulinho Velho. Na época a coordenadora era a saudosa Leila Brito. Até hoje mais de 5 mil pessoas passaram por cursos oferecidos pelo Centro. Sem contar as inúmeras reuniões que o local abrigou. “A minha fala é apenas para agradecer ao prefeito Paulo Luis e ao Érik que entendem a importância da Universidade”, afirmou o coordenador.

Há um ano que a UAI-TEC está para ser inaugurada, revelou Paulo Luis, porém, por dificuldades financeiras é que tudo se tornou mais demorado. A exemplo do governador Fernando Pimentel que pegou um Estado falido, ele também relembrou ter pegado a Prefeitura assim. Por isto, fazem ao fechar 2015, completa-se três anos que está consertando para poder gerir. Sobre o valor que a UAI-TEC tem, o Chefe do Executivo afirmou que não adianta gerar emprego se não há profissionais capacitados.

No mesmo pensamento, o coordenador geral das UAI-TEC’s em Minas Gerais Breno Nolasco, alegou que haviam muitas promessas feitas pelo Governo passado (do PSDB) que não foram executadas. O compromisso era de 20 mil pessoas no fazendo o curso de pós graduação dentro das Unidades. “Quando nós assumimos a realidade era bem diferente e tudo estava parado e necessitou todo este ano para solucionar este problema”, acrescentou.

06A UAI-TEC tem um papel fundamental na vida daqueles que não tem condições de pagar um curso profissionalizante. “Nós damos a oportunidade das pessoas se capacitarem para o mercado de trabalho. Com isso, é bom para todos os setores da cidade. Um exemplo são os comerciantes. Não adianta ter maquinários, investir em tecnologia se não tem funcionários capacitados para ocupar aquele espaço”, opinou Nolasco.

Ao secretário de Educação, ele respondeu que a graduação não é um sonho e vai se tornar realidade.

Recurso avançado usado nas UAI-TEC’s

{C1EC7CE5-C0AC-DECA-30BD-18C10DBB18DB}_550X412Um dos recursos mais interessantes utilizado nas Universidades Abertas e Integradas de Minas Gerais é a lousa interativa. Ela revolucionou o conceito de aprendizagem, tanto na educação à distância, como na educação convencional. Sua utilização se dá por meio do teclado virtual ou uma caneta eletrônica especial. Sensível ao toque, conectada ao um PC Slim, ela traz para a sala de aula, o espelho de um computador, que facilita a interação do usuário com a maioria dos arquivos gerados pelos principais softwares e sistemas operacionais. Integra o conjunto um projetor de alta resolução e sistema independente de som estéreo. A lousa é uma ferramenta multimídia que possibilita conexão e reprodução de conteúdos, imagens e vídeos; simulação em 3D e navegação na internet.

Centro Vocacional oferece cursos livres

O CVT já oferece diversos cursos livres e não técnicos, transmitidos on-line, gratuitamente e com certificados nas mais várias áreas como – Tecnologia da Informação e Comunicação, Desenvolvimento de Habilidades, Formação Profissional, Saúde, Bem Estar e Cidadania, Meio Ambiente, Inovação e Empreendedorismo.

COMPARTILHAR

Comentários