O governador Fernando Pimentel (PT) esteve em Varginha na manhã desta quinta-feira (28) para inaugurar a 2ª Companhia de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. A unidade vai atender 153 municípios que fazem parte do Samu Regional, no Sul de Minas. Durante o evento, um grupo de servidores protestou pedindo melhorias na Saúde.

A solenidade de inauguração aconteceu no Batalhão do Corpo de Bombeiro e contou com a presença de prefeitos e autoridades políticas das cidades que vão ser atendidas. O governador chegou por volta das 11h, fez o reconhecimento da tropa e foi direto para o palanque, onde fez o descerramento da placa comemorativa.

Na sequência, Pimentel fez a entrega simbólica da chave do helicóptero Arcanjo para a nova companhia, que vai contar com o revezamento de nove bombeiros militares e 14 profissionais do Samu. A aeronave, modelo Esquilo, tem capacidade pra seis pessoas, entre elas piloto e copiloto, um médico, um enfermeiro e mais dois tripulantes. Com equipamentos portáteis de uma unidade de tratamento intensivo, ela ficará no hangar do batalhão pronta para ser utilizada em atendimentos de urgência.

“A aeronave chega para otimizar e operacionalizar mais ainda nossas operações de socorro à sociedade”, disse o capitão Fábio Alves Dias, comandante da 2ª Companhia Aérea.

Com esse helicóptero, Varginha passa a sediar a 2ª Companhia de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros do estado. A 1ª fica em Belo Horizonte (MG). Para o funcionamento da nova companhia, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Estado de Saúde firmaram um termo de descentralização de crédito orçamentário de R$ 4,2 milhões. O valor será dividido em repasses mensais de R$ 38,5 mil reais.

Vargina 1

Protesto
E durante a cerimônia, um grupo de servidores estaduais da Saúde protestou pedindo mais verbas para o setor, melhoria no plano de carreira e dizendo não ao ajuste fiscal no funcionalismo.

Fonte: G1 Sul de Minas

Comentários