Um rapaz correndo na tarde desta segunda feira (16), chamou a atenção de moradores na Rua Nossa Senhora D’Ajuda em Três Pontas e ele por pouco não foi linchado.

A história aconteceu a cerca de um ano, quando Marcos Antônio Taceli conheceu um vendedor de gás que também trabalhava com artesanato. Marcos comercializava porta cartões e sempre quando vinha à Três Pontas eles conversavam e faziam alguns negócios. Um dia, o rapaz pediu para usar o banheiro do depósito e como o marido dela não estava no estabelecimento, não viu problemas e o emprestou. Marcos se aproveitou e além de usar o sanitário, tirou parte da roupa, subiu para a residência do casal que fica em anexo e exibiu o órgão genital. A mulher que tem, 52 anos, contou que entrou em pânico, ficou apavorada, saiu correndo e não voltou até ele ir embora.

Isto teria se repetido mais uma vez, mas depois que ele mostrava as partes íntimas para a mulher, Marcos fugia e não era encontrado pelo marido dela.

Policiais conversam com o pastor irmão da vítima. Foi ele quem impediu que o rapaz fosse linchado na Rua Nossa Senhora D’Ajuda

Nesta segunda-feira ela viu o rapaz na rua e avisou o irmão dela que é pastor de uma igreja evangélica. Ele o encontrou e o chamou para conversar. Condenou a ação de Marcos, afirmou que não tinha a intenção de denunciá-lo e pediu que ele não fizesse mais aquilo, porém, queria saber quem de fato ele era e se tinha passagens pela polícia. Eles conversavam na sala da residência da vítima e quando o pastor foi até a cozinha pegar uma pasta que o vendedor tinha deixado lá, ele pulou a janela da sala, tentou fugir e o pastor foi atrás. Ao verem o suspeito correndo moradores tentaram linchá-lo, mas o próprio pastor não permitiu. Não fosse isto, a situação seria diferente.

Com a chegada dos policiais militares as pessoas ficaram mais calma e se dispersaram e Marcos Antônio foi preso. Ele contou que nasceu em Taubaté (SP), mora em Elói Mendes e que comercializa suportes de cartões em várias cidades da região, mas nega as acusações. O rapaz tem passagem por agressão e foi conduzido para a Delegacia de Policia Civil de Três Pontas e vai responder por ato obsceno.

COMPARTILHAR

Comentários